BLOG DO LÍNGUA
 
 
Página Inicial
Apresentação
Discografia
Trajetória
Disk-Língua
Família Trapo
Vídeos
Rádio Matraca
Agenda
Cont(r)atos
Cadastro


Blog
Fotoblog

Busca no Blog
 

Indique este blog
Dê uma nota

Links
Língua de Trapo
Fotoblog do Língua
Castelorama
Privadas do Mundo
Mini Blog do Big Mug
Nunca se Sábado
Rádio Matraca
Dadá Coelho
Blog do Pituco
Música & Letras
Blog genérico
Miss Grace Black
Blog do Castilho
Folha de Cima
Guca
Peças Raras
Stockadas
Cifras de músicas do Língua de Trapo
Língua de Trapo no Palco MP3
Radioriatoa - pituco
PENSAMENTOS DIVERGENTES - Ruy Fernando Barboza
A Hora do CLICK
Ana de Amsterdam

Arquivos
16/07/2011 a 31/07/2011
01/05/2011 a 15/05/2011
01/03/2011 a 15/03/2011
01/02/2011 a 15/02/2011
16/01/2011 a 31/01/2011
16/12/2010 a 31/12/2010
01/12/2010 a 15/12/2010
16/11/2010 a 30/11/2010
01/11/2010 a 15/11/2010
16/10/2010 a 31/10/2010
01/10/2010 a 15/10/2010
16/09/2010 a 30/09/2010
01/09/2010 a 15/09/2010
16/08/2010 a 31/08/2010
01/08/2010 a 15/08/2010
16/07/2010 a 31/07/2010
16/06/2010 a 30/06/2010
01/06/2010 a 15/06/2010
16/05/2010 a 31/05/2010
01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
16/01/2010 a 31/01/2010
01/01/2010 a 15/01/2010
16/12/2009 a 31/12/2009
01/12/2009 a 15/12/2009
16/11/2009 a 30/11/2009
01/11/2009 a 15/11/2009
16/10/2009 a 31/10/2009
01/10/2009 a 15/10/2009
16/09/2009 a 30/09/2009
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2009 a 31/08/2009
01/08/2009 a 15/08/2009
16/07/2009 a 31/07/2009
01/07/2009 a 15/07/2009
16/06/2009 a 30/06/2009
01/06/2009 a 15/06/2009
16/05/2009 a 31/05/2009
01/05/2009 a 15/05/2009
16/04/2009 a 30/04/2009
01/04/2009 a 15/04/2009
16/03/2009 a 31/03/2009
01/03/2009 a 15/03/2009
16/02/2009 a 28/02/2009
01/02/2009 a 15/02/2009
16/01/2009 a 31/01/2009
01/01/2009 a 15/01/2009
16/12/2008 a 31/12/2008
01/12/2008 a 15/12/2008
16/11/2008 a 30/11/2008
01/11/2008 a 15/11/2008
16/10/2008 a 31/10/2008
01/10/2008 a 15/10/2008
16/09/2008 a 30/09/2008
01/09/2008 a 15/09/2008
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
16/04/2008 a 30/04/2008
01/04/2008 a 15/04/2008
16/03/2008 a 31/03/2008
01/03/2008 a 15/03/2008
16/02/2008 a 29/02/2008
01/02/2008 a 15/02/2008
16/01/2008 a 31/01/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/10/2007 a 31/10/2007
01/10/2007 a 15/10/2007
16/09/2007 a 30/09/2007
01/09/2007 a 15/09/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
01/07/2007 a 15/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006


XML/RSS Feed
O que é isto?

leia este blog
no seu celular




UOL Blog





layout do blog
produzido por REC
 

Dieta do tipo sangüíneo – para drogados



TIPO A

Junkies do grupo sangüíneo A são mais sensíveis às drogas francamente químicas. Por outro lado, ao serem colocados frente a outros estupefaciantes de caráter orgânico podem desenvolver reações adversas, como apnéia, urticária, crises de lumbago e vontade irresistível de dizer a palavra “guariroba” em contextos inadequados.

DROGAS COMPATÍVEIS: Speedball, Amitriptilina Bupropiom, Citalopram, Clomipramina, Duloxetina, Escitalopram, Flunarizina, Fluoxetina, Fluvoxamina, Maprotilina e Chá de Lírio (gelado).

DROGAS NEUTRAS: Mianserina, Milnaciprano, Moclobemida, Nefazodona, Paroxetina, Sertralina, Tranilcipromina, Venlafaxina, Aspirina, Butazona.

DROGAS NOCIVAS: Tabaco, Cafeína, Cola de Sapateiro, Perventin, Refrigerante Convenção Uva Light.

TIPO B

Diferentemente das pessoas de sangue tipo A, o grupo B é sensível negativamente às drogas químicas e afeito ao chamado caminho natural. Esse gênero teve origem em grupamentos nômades da América que saíram em jangadas (do jamaicano: jah-in-a-gadda-da vida) rumo a São Luís do Maranhão e foram se alimentando na áreas litorâneas de ervas, raízes e garrafadas. O resultado foi muito louco.

DROGAS COMPATÍVEIS: Cannabis sativa.

DROGAS NEUTRAS: Maricas, Piteiras, Cachimbos de Cannabis sativa, Bolo de Maconha.

DROGAS NOCIVAS: Cedês-pirata "Reggae Direto" das radiolas da Praia do Calhau.


TIPO O

O grupo sangüíneo O combina muito bem com opiáceos. O que não quer dizer que rejeitem uma galináceo, desde que este venha recheado com bastante farinha branca. É o tipo que possui menos opções de consumo. Por outro lado é o mais “direto ao ponto”. Se a idéia é abrir os trabalhos não criam rituais como os do grupo B, que gostam de cantar mantras, rolar na areia e uivar para a Lua antes de pegar o bagulho propriamente dito. Encaçapam a camisinha de boliviana nos quartos e estamos conversados.

DROGAS COMPATÍVEIS: Ópio, Buprenorfina, Codeína, Heroína, Metadona, Morfina, Cocaína.

DROGAS NEUTRAS: Cogumelos, Diazepan, Éter e Clorofórmio.

DROGAS NOCIVAS: Haxixe, Crack, Vodka Balalaika servida ao natural em copo americano.

TIPO AB

Mais conhecido por grupo Cascavel, vivem balançando umas pedrinhas (nesse caso de gelo, não de crack) num copo alto e fazendo o som de chocalho do conhecido peçonhento. Isso quando tem capital para bancar o vício. Quando estão sem nenhum vão de álcool Zulu sem cerimônia. O curioso é que nessa tipologia, uma das mais aceitas pela sociedade, é onde acontece o maior índice de óbitos. E sempre pela mesma causa: incêndio.

DROGAS COMPATÍVEIS: Cynar com pinga coquinho, 51, Corote, Espremidinha, Farmacinha, Porradinha, Fernet, Schnapps, Licor de Ovos, Fogo Paulista.

DROGAS NEUTRAS: Chope de vinho (quente), Amarula, Jurupinga, jilós fritos ao molho de raiz forte.

DROGAS NOCIVAS: Engov, Eparema, Caracu com ovo, Caracu com ovo ao som de Benito de Paula.


Escrito por C. Castelo às 13h12
[] [envie esta mensagem
]



O que o Língua de Trapo faz com a cabeça das pessoas! (parte 2)

No dia 10 de abril deste ano eu postei aqui dois clips feitos espontaneamente por fãs (malucos) com as músicas Historinha e O que é isso, companheiro?

Pois bem, agora encontrei mais essa pérola. Um slide-clip feito pelo Wagner Lima Grillo, que eu não tenho a menor idéia de quem seja, com a música Amor a Vista.

Confiram...



Escrito por Laert Sarrumor às 17h54
[] [envie esta mensagem
]



Sorria, você está sendo filmado!

Hoje (quinta, 13 de novembro), 10 da noite, o Duo Acústica, formado por Sergio Gama e Cacá Lima, do Língua de Trapo, se apresenta na noite de blues do Paddy’s Pub (Av. Luis Dumont Villares, 655, ao lado do Sesc Santana).

 

Maiores informações: www.paddyspub.com.br

 

Abaixo, um vídeo da participação do duo na Rádio Matraca, semana passada.

 

Duo Acústica – Smile

 

 

 

Ouça também um programa inteiro com a dupla, de 2001.


Escrito por Laert Sarrumor às 09h48
[] [envie esta mensagem
]



Abobrinha da crise

A situação das bolsas tá tão braba que os empresários já estão saindo antes de encerrar o pregão, com medo de perder até as pregas...

 



Escrito por Lizoel às 16h29
[] [envie esta mensagem
]



Mantendo a insanidade e o riso...

Cada um ri com o que quer, pode ou consegue.

O laert adora o Gato Fedorento português. Prefiro o tipo de humor abaixo.

Lições básicas de como manter níveis saudáveis de insanidade mental.
Aulas práticas!

produção: Ioiô Filmes
direção: Mariana Bastos e Rafael Gomes
estrelando: Gilda Nomacce



Escrito por Lizoel às 13h40
[] [envie esta mensagem
]



Ditos Malditos

O Obama vai indo muito bem, já o Ibama...

Escrito por C. Castelo às 23h39
[] [envie esta mensagem
]



Adeus Miriam Makeba

Miriam Makeba, um dos símbolos de resistência ao apartheid na Africa do Sul, morreu nesta madrugada vítima de uma parada cardíaca depois de ter participado em um concerto a favor do escritor Roberto Saviano, ameaçado de morte pela máfia, na região de Nápoles. A grande artista e intérprete da inesquecível Pata Pata, chega ao final de sua vida, brigando em favor dos necessitados e aflitos. Fica aqui minha homenagem e acredito que, de todos os meus companheiros do BDL, à essa grande figura da música africana que girou mundo com sua arte. Vejam ela cantando Pata Pata numa gravação de 68 quando esteve no Brasil e era acompanhada pelo também genial Sivuca. O maestro albino já deve estar de violão em punho lá em cima, esperando Míriam para uma Jam-sessiom celestial.



Escrito por Lizoel às 13h18
[] [envie esta mensagem
]



Rodízio de amores



- …eu sei, o lugar não é muito adequado, mas…
- Não tem nada, acho bom ser aqui, bastante gente…
- É, bastante gente.
- Hum, hum.
- Olha, vou ser bastante direto com você. O que eu penso que está havendo entre a gente basicamente é um conflito de personalidades. Nada do que você apontou como sendo – qual foi mesmo a palavra que você usou? - “esgarçamento”…
- Lingüicinha calabresa apimentada?
- Põe uma pra mim, por favor.
- Sabe, esgarçamento no nível físico, quase assim uma…
- Eu também quero uma, por favor…
- Vai a passadinha ou mais ao ponto?
- Ao ponto.
- Lingüiça ao ponto, é? Mas…
- É. Essa é uma das coisas que mudou e você não notou. Eu agora como carne de porco, mal passada.
- Puxa, mudança mesmo. Talvez seja por isso a nossa crise. Você pode estar achando que eu devia te dar uma atenção especial e eu não estou dando. Quer discutir mais a fundo isso?
- Você costuma racionalizar sempre assim, não é?
- Bom, eu…
- Olha as guaranás. A do senhor é a normal ou a diet?
- Deixe as duas aí mesmo, a gente pega. Como eu ia dizendo, eu…
- Gelo e laranja?
- Sem nada, por favor.
- Espera! Você perguntou se eu queria gelo e laranja na minha guaraná? Olha aí o autoritarismo de novo. É impressionante. Ei, traga gelo e laranja pra minha, moço! Por favor.
- Sim, senhora.
- Você está irritada. Talvez fosse melhor a gente fazer um almocinho banal e deixar pra falar melhor sobre nós mais tarde. Além do mais, o assunto não combina nada com cupim e arroz carreteiro.
- Você quer liderar o processo até nisso, né? Vai me dizer a hora que eu tenho de falar ou parar de falar? Sou eu que sei se posso, ou não posso, discutir um assunto indigesto com a boca cheia de picanha!
- Tá bom então. Agora, quer saber o que eu penso na real?
- Fala, fica à vontade pra falar…
- Tender com abacaxi, senhora?
- Fala! Agora, fala!
- Tender com abacaxi, senhora?
- Obrigada, obrigada…Agora, diz, vai!
- E o senhor, tender com abacaxi?
- Vai, põe uma lasquinha aí.
- Só do tender ou do abacaxi também?
- Só o tender. Bom…hã…
- Tá bom esse pedaço?
- Tá beleza.
- … completa o seu raciocínio brilhante…
- Olha, tudo isto está acontecendo, a gente brigando ridiculamente nesta churrascaria meia-boca, porque acabou. C’est fini. A gente não tem mais química. E, sem vida sexual, não dá pedal.
- Você não me ama mais, seria isso?
- Não confunde as coisas. Amor é lei, sexo é invasão. O Jabor escreveu no Caderno 2.
- Acabou, seria isso?
- A última vez que a gente transou foi na final da Copa do Mundo.
- Não, não, não! Foi na final da Libertadores.
- Não senhora, foi na Copa. Interrompemos, inclusive no meio, pra ver o o capitão pegar a taça. Já tava mal a coisa.
- Então posso considerar este almoço o fim da gente como casal, seria isso?
- Olha, eu acho que …
- Satisfeitos? Está faltando alguma carne? Sobremesa? Cafezinho? Balinha?



Escrito por C. Castelo às 20h58
[] [envie esta mensagem
]



Ditos Malditos

2009. O ano em que não faremos contrato.

Escrito por C. Castelo às 20h52
[] [envie esta mensagem
]



Mais um do Gato Fedorento

Nesse vídeo eles satirizam novela brasileira (na verdade, tá mais pra dramalhão mexicano) e mandam muito bem no sotaque brasileiro. Já a Maitê Proença (a própria!) tenta falar com sotaque lusitano e o resultado é uma lástima.

Assista e diga o que acha.



Escrito por Laert Sarrumor às 18h17
[] [envie esta mensagem
]



Isso resulta?

Gato Fedorento (o Língua de Trapo português) - TAP



Escrito por Laert Sarrumor às 15h37
[] [envie esta mensagem
]



Com o pé na cova?

Que diabos o Lula está fazendo? Confiram a foto em dêem vossas sugestões!!



Escrito por Lizoel às 13h56
[] [envie esta mensagem
]



A Fome dos homens, a fome do mundo...

Participo de um grupo de discussão entre amigos, o Ofitopique. Hoje, um dos participantes desse grupo, o Zé Rodrix que todos conhecem, mandou esse texto do Neto, diretor de criação e sócio da Bullet, sobre a crise mundial e disse: "Como uma pessoa comentou, é uma pena que esse texto só esteja em blogs e não na mídia de massa, essa mesma que sabe muito bem dar tapa e afagar. Se quiser, repasse, se não, o que importa, o nosso almoço tá garantido mesmo" e lendo o texto, sei que vão entender o que o Zé quis dizer. Por isso, sem mais delongas aí posto o dita-cujo aqui neste BDL.

Vou fazer um slideshow para você.
Está preparado? É comum, você já viu essas imagens antes.
Quem sabe até já se acostumou com elas.
Começa com aquelas crianças famintas da África.
Aquelas com os ossos visíveis por baixo da pele.
Aquelas com moscas nos olhos.
Os slides se sucedem.
Êxodos de populações inteiras.
Gente faminta. 
Gente pobre.
Gente sem futuro.
Durante décadas, vimos essas imagens.
No Discovery Channel, na National Geographic, nos concursos de foto.
Algumas viraram até objetos de arte, em livros de fotógrafos renomados.
São imagens de miséria que comovem.
São imagens que criam plataformas de governo.
Criam ONGs.
Criam entidades.
Criam movimentos sociais.
A miséria pelo mundo, seja em Uganda ou no Ceará, na Índia ou em Bogotá sensibiliza.
Ano após ano, discutiu-se o que fazer.
Anos de pressão para sensibilizar uma infinidade de líderes que se sucederam nas nações mais poderosas do planeta.
Dizem que 40 bilhões de dólares seriam necessários para resolver o problema da fome no mundo.
Resolver, capicce?
Extinguir.
Não haveria mais nenhum menininho terrivelmente magro e sem futuro, em nenhum canto do planeta.
Não sei como calcularam este número.
Mas digamos que esteja subestimado.
Digamos que seja o dobro.
Ou o triplo.
Com 120 bilhões o mundo seria um lugar mais justo.
Não houve passeata, discurso político ou filosófico ou foto que sensibilizasse.
Não houve documentário, ong, lobby ou pressão que resolvesse.
Mas em uma semana, os mesmos líderes, as mesmas potências, tiraram da cartola 2.2 trilhões de dólares (700 bi nos EUA, 1.5 tri na Europa) para salvar da fome quem já estava de barriga cheia.

 



Escrito por Lizoel às 22h15
[] [envie esta mensagem
]



Ditos Malditos

Unibanco e Itaú se fundem e nasce o Unibaú, mais uma empresa do grupo Sílvio Santos.

Escrito por C. Castelo às 14h20
[] [envie esta mensagem
]



[ Ver arquivos anteriores ]