BLOG DO LÍNGUA
 
 
Página Inicial
Apresentação
Discografia
Trajetória
Disk-Língua
Família Trapo
Vídeos
Rádio Matraca
Agenda
Cont(r)atos
Cadastro


Blog
Fotoblog

Busca no Blog
 

Indique este blog
Dê uma nota

Links
Língua de Trapo
Fotoblog do Língua
Castelorama
Privadas do Mundo
Mini Blog do Big Mug
Nunca se Sábado
Rádio Matraca
Dadá Coelho
Blog do Pituco
Música & Letras
Blog genérico
Miss Grace Black
Blog do Castilho
Folha de Cima
Guca
Peças Raras
Stockadas
Cifras de músicas do Língua de Trapo
Língua de Trapo no Palco MP3
Radioriatoa - pituco
PENSAMENTOS DIVERGENTES - Ruy Fernando Barboza
A Hora do CLICK
Ana de Amsterdam

Arquivos
16/07/2011 a 31/07/2011
01/05/2011 a 15/05/2011
01/03/2011 a 15/03/2011
01/02/2011 a 15/02/2011
16/01/2011 a 31/01/2011
16/12/2010 a 31/12/2010
01/12/2010 a 15/12/2010
16/11/2010 a 30/11/2010
01/11/2010 a 15/11/2010
16/10/2010 a 31/10/2010
01/10/2010 a 15/10/2010
16/09/2010 a 30/09/2010
01/09/2010 a 15/09/2010
16/08/2010 a 31/08/2010
01/08/2010 a 15/08/2010
16/07/2010 a 31/07/2010
16/06/2010 a 30/06/2010
01/06/2010 a 15/06/2010
16/05/2010 a 31/05/2010
01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
16/01/2010 a 31/01/2010
01/01/2010 a 15/01/2010
16/12/2009 a 31/12/2009
01/12/2009 a 15/12/2009
16/11/2009 a 30/11/2009
01/11/2009 a 15/11/2009
16/10/2009 a 31/10/2009
01/10/2009 a 15/10/2009
16/09/2009 a 30/09/2009
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2009 a 31/08/2009
01/08/2009 a 15/08/2009
16/07/2009 a 31/07/2009
01/07/2009 a 15/07/2009
16/06/2009 a 30/06/2009
01/06/2009 a 15/06/2009
16/05/2009 a 31/05/2009
01/05/2009 a 15/05/2009
16/04/2009 a 30/04/2009
01/04/2009 a 15/04/2009
16/03/2009 a 31/03/2009
01/03/2009 a 15/03/2009
16/02/2009 a 28/02/2009
01/02/2009 a 15/02/2009
16/01/2009 a 31/01/2009
01/01/2009 a 15/01/2009
16/12/2008 a 31/12/2008
01/12/2008 a 15/12/2008
16/11/2008 a 30/11/2008
01/11/2008 a 15/11/2008
16/10/2008 a 31/10/2008
01/10/2008 a 15/10/2008
16/09/2008 a 30/09/2008
01/09/2008 a 15/09/2008
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
16/04/2008 a 30/04/2008
01/04/2008 a 15/04/2008
16/03/2008 a 31/03/2008
01/03/2008 a 15/03/2008
16/02/2008 a 29/02/2008
01/02/2008 a 15/02/2008
16/01/2008 a 31/01/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/10/2007 a 31/10/2007
01/10/2007 a 15/10/2007
16/09/2007 a 30/09/2007
01/09/2007 a 15/09/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
01/07/2007 a 15/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006


XML/RSS Feed
O que é isto?

leia este blog
no seu celular




UOL Blog





layout do blog
produzido por REC
 

Pensatas do Pituco...

"o homo sapiens saiu das cavernas...mas, continua um troglodita"!

namaste



Escrito por Pituco às 03h37
[] [envie esta mensagem
]



Você também pode ter um!!

Seus problemas financeiros acabaram!! Clique aqui!!!

Escrito por Lizoel às 10h14
[] [envie esta mensagem
]



Como tornar-se uma celebridade

Não é que se deva ou não se deva ser uma celebridade nos dias de hoje. Não há escolha. Quem não for está nas mesmas condições de um palestino chegando de madrugada em Tel Aviv sem documentos, pelado e segurando a bandeira de seu país. Ou seja, está frito em óleo de pastelaria.

Quem não é celebridade não arruma os melhores empregos, não é convidado para baladas, não pega os assentos VIP nos shows. Pior: não pega ninguém.

O não-célebre (ou sem-fama) de hoje é o equivalente ao servo da gleba da Idade Média. Com a diferença de que o servo da gleba era admitido nas festas de seu senhor.

Portanto, já que não há luz no fim do túnel mesmo, sejamos todos Narcisa Tamborindeguy assumidas. Eis o caminho das pedras para virar uma:

1. Comer muita alface crua sem sal ou azeite.

2. Beber muito espumante Miolo e esconder o rótulo para, na foto, parecer que é Veuve Cliquot.

3. No caso feminino, tentar loucamente encurtar o caminho, descolando um piloto de F-1 ou equivalente para dividir o leito.

4. Comprar uma assessoria de imprensa e lançar-se como principal produto de divulgação da empresa.

5. Afanar o caderninho de anotações “moleskine” da Joyce Pascowitch e colocar seu nome na lista dos “vip’s” na marra.

6. Usar óculos escuros. Até no box.

7. Gerar factóides. Antes, porém, ir ao Aurélio e aprender o significado da palavra “factóide”.

8. Passar a circular por festas e eventos em trajes sociais e com uma gigantesca jaca pendurada no pescoço.

9. Numa festa promovida por Glorinha Kalil, tentar suicídio pulando de barriga em cima da musse de salmão.

10. Fazer milhares de adesivos com sua foto 3X4 e colar no lugar do rosto da celebridade que estiver na capa de Caras.

11. Ir para Aspen e ficar sobre um esqui dando bom-dia, boa-tarde e boa-noite a todos que passam.

12. Vestir uma roupa de festa e freqüentar todos os casamentos da Igreja Nossa Senhora do Brasil.

13. Subornar o manobrista do Fasano para que ele lhe traga na porta do restaurante um Jaguar em vez de seu Ford Ka.

14. Trajar-se de Homem Aranha/Bat Girl e pular de pára-quedas do alto do Edifício Itália.

15. Colar adesivos fosforescentes na roupa.

16. Seqüestrar o João Dória Júnior.

Escrito por C. Castelo às 19h02
[] [envie esta mensagem
]



Deu no Uol

Afinal, que porra de Festival é esse?



Escrito por Lizoel às 11h00
[] [envie esta mensagem
]



Loucura pouca é bobagem!

 

Da série Patronos – 2

 

Depois do gajo lá de baixo, o mais Língua de Trapo dos patronos certamente é o maestro, compositor, arranjador e arrotador Spike Jones.

 

 

Na Wikipédia há pouco sobre ele: Spike Jones, nome artístico de Lindley Armstrong Jones (Loong Beach, Califórnia, 14 de dezembro de 1911 - Beverly Hills, Los Angeles, Califórnia, 1 de maio de 1965) foi um músico e comediante norte-americano, autor de, entre muitas canções, "All I Want for Christmas  is my two front teeth". Supostamente, é o personagem principal da canção God's Comic, de Elvis Costello, que narra o encontro de um comediante morto com Deus. O título do álbum que contém esta faixa, por sinal, é Spike.

 

O que sabemos é que o cara era um doido varrido.

 

Ele e sua City Slickers entravam num programa de televisão ou num estúdio de gravação e aprontavam misérias.

 

Junto com performances cênicas estapafúrdias, os músicos tocavam o que encontrassem pela frente: buzina, apito, tábua de lavar roupa... Os vocalistas alopravam: soluçavam, arrotavam... Peidavam? Não, isso quem costumava fazer em cena, anos depois, era o Frank Zappa, mas aí já é assunto pra outro post da série patronos.

 

Voltando aos Slickers, eles faziam tudo isso ao vivo, sem cortes nem truques, tudo ao mesmo tempo agora.

 

Esses caras, sem dúvida, são nossos heróis!

 

Aí está, a clássica das clássicas...

 

SPIKE JONES & CITY SLICKERS - COCKTAILS FOR TWO - 1945

Se tiver um tempinho, dá uma fuçada nos outros clips deles disponíveis no You Tube e ouça o mini-especial na Rádio Matraca (no terceiro bloco). Vale a pena!



Escrito por Laert Sarrumor às 21h59
[] [envie esta mensagem
]



O Número Um

 

Da série Patronos – 1

 

O Língua de Trapo e a Rádio Matraca têm inúmeros patronos, artistas no qual se inspiraram pra fazer as besteiras que fazem.

 

De Moreira da Silva a Monty Python, passando por Adoniran Barbosa, Mutantes, Joelho de Porco, Les Luthiers e Alvarenga & Ranchinho, são muitos os que encabeçam a lista.

 

Dentre todos, temos xodó e predileção especial por um.

 

Quando o primeiro programa da Rádio Matraca foi ao ar em 23 de março de 1985, pela Rádio USP, ele foi o primeiro enfocado na Seção Patronos.

 

Quando retornamos à emissora, em 97, lá estava ele de novo, abençoando a volta.

 

Nas ante-salas dos shows do Língua, não faltava música dele, como bem lembrou o leitor Cláudio Quintella.

 

Nada mais justo que seja ele a inaugurar a série Patronos, aqui no BdL.

 

Cantor, compositor, humorista, um dos pioneiros do humor radiofônico, o paulista Gino Cortopassi ficou mais conhecido pelo seu personagem lusitano Zé Fidélis.

 

 

Ele se apresentava como o "inimigo número um da tristeza", com seu humor ingênuo, que se apoiava em paródias de músicas de sucesso, no "nonsense" de transmissões radiofônicas em que irradiava um enterro como se fosse um locutor esportivo, e nas "piadas de português" e outras imitações.

 

Escreveu para revistas e publicou vários livros, como Seleção Canalhinha, sempre escritos num português zefidelense (veja aqui).

 

No ano em que ele faleceu, 1985, nosso editor chefe Carlos Melo (Castelo) teve o privilégio de ir a casa dele e ter acesso a gravações e escritos inéditos do mestre.

 

Divirta-se com a paródia da música Girl, dos Beatles, que Ronnie Von gravou como Meu Bem, e Zé Fidélis transformou em Meu Boi.

 

(atendendo ao pedido desesperado do Cláudio Quintella, que não ouvia essa versão desde o show no Centro Cultural, nos anos 80).

 

(ouça aqui).

 

Ouça também outras paródias memoráveis do nosso patrono entre os patronos, no especial que foi ao ar no terceiro bloco da Rádio Matraca de 1 de julho de 2006, bem na hora do jogo Brasil X França, na Copa do Mundo, e que depois nós reprisamos, claro.


Escrito por Laert Sarrumor às 17h11
[] [envie esta mensagem
]



Momento de reflexão...

ref3.mp3

Salve São Clementino!

namaste



Escrito por Pituco às 04h24
[] [envie esta mensagem
]



Tá com pulga na cueca

 

Nossos coleguinhas, correspondentes de Brasília e de Tóquio, se empolgaram e resolveram expor suas preferências musicais, graças ao providencial socorro de São You Tube, protetor dos blogueiros e dos leitores desamparados.

 

Eu lanço mão do mesmo recurso para homenagear uma diva negra – a verdadeira Mama África – embora o dia internacional das mulheres seja só depois de amanhã.

 

Quem, na infância, já não cantarolou a paródia descrita no título deste post? É como o “japonês tem quatro filhos...”, que deturpa a letra do Hino da Independência, que, aliás, tem a melodia composta pelo próprio imperador Pedro I, como sabemos.

 

Voltando à deusa negra, poderíamos nos estender aqui, ressaltando seus feitos como ativista anti-apartheid, defensora dos direitos humanos, embaixadora das Nações Unidas, ou relacionando os inúmeros prêmios que recebeu por sua atuação humanista ou mérito musical, mas isso você pode conferir numa das várias biografias disponíveis na rede.

 

O que nos interessa, na verdade, é que apesar de sua vida altamente atribulada – nasceu em 1932 em Joanesburgo, África do Sul, de onde foi banida aos 27 anos, exilando-se nos esteites, onde Harry Belafonte (outro de meus heróis) a transformou numa estrela – ela nunca perdeu o rebolado.

 

E que rebolado!

 

Confira no vídeo abaixo, sua histórica apresentação na TV Record, em São Paulo, em 1968.

 

A música é a famosa, da pulga na cueca.

 

O acompanhamento ao violão é de Severino Dias de Oliveira, o Sivuca!

 

E não é porque estava numa televisão brasileira não. O genial sanfoneiro albino, falecido em 2007, tornou-se diretor musical de nossa lady quando mudou-se para Nova Iorque, em 1964.

 

Notem com que classe Mama África evolui em seus volteios rebolativos, em movimentos idênticos aos que as bailarinas de funk e de axé utilizam hoje em dia, com deplorável vulgaridade.

 

Ladies and Gentelemen...Miriam Makeba!

 

(o morceguento senhor gasmo dá uma rasante nesse vídeo também!)

 

Se quiserem mais, assistam aqui a uma apresentação feita na TV holandesa, em 1979 (No final, entra no palco a neta Zenzi. A mãe de Zenzi, Bongi Makeba – única filha de Miriam, falecida em 85 – é a backing-vocal que aparece de vestido azul).  

E assistam aqui Miriam Makeba em 2007, aos 75 anos.



Escrito por Laert Sarrumor às 12h52
[] [envie esta mensagem
]



Sons que fazem minha cabeça até hoje...

aproveitando a deixa das postagens abaixo!

saravá meu pai, venha me valer!

namaste



Escrito por Pituco às 10h07
[] [envie esta mensagem
]



Sons que me fizeram a cabeça II

Não só o rock, mas o jazz já me emocionava muito.

Pra quem pensa que George Benson é o pai da idéia,

o som inigualável de

Wes Montgomery, o rei das notas oitavadas.



Escrito por Lizoel às 09h13
[] [envie esta mensagem
]



Sons que fizeram minha cabeça

Creedence Clearwater Revival interpretando

a elétrica e lisérgica "Born on the Bayou"! Antológico!!



Escrito por Lizoel às 07h38
[] [envie esta mensagem
]



Qual é a música, maestro?

por ser uma das canções mais polêmicas do YouTube, pergunta-se:

quem, de fato, é o autor?

quem é o intéprete, aqui?

quantas versões, com autores fakes, existem no YouTube?...rs!

cag.mp3

clique no esnips e participe também!

namaste



Escrito por Pituco às 03h37
[] [envie esta mensagem
]



Momento de reflexão...

ref2.mp3

Salve São Sebastião!

namaste



Escrito por Pituco às 11h10
[] [envie esta mensagem
]



[ Ver arquivos anteriores ]