BLOG DO LÍNGUA
 
 
Página Inicial
Apresentação
Discografia
Trajetória
Disk-Língua
Família Trapo
Vídeos
Rádio Matraca
Agenda
Cont(r)atos
Cadastro


Blog
Fotoblog

Busca no Blog
 

Indique este blog
Dê uma nota

Links
Língua de Trapo
Fotoblog do Língua
Castelorama
Privadas do Mundo
Mini Blog do Big Mug
Nunca se Sábado
Rádio Matraca
Dadá Coelho
Blog do Pituco
Música & Letras
Blog genérico
Miss Grace Black
Blog do Castilho
Folha de Cima
Guca
Peças Raras
Stockadas
Cifras de músicas do Língua de Trapo
Língua de Trapo no Palco MP3
Radioriatoa - pituco
PENSAMENTOS DIVERGENTES - Ruy Fernando Barboza
A Hora do CLICK
Ana de Amsterdam

Arquivos
16/07/2011 a 31/07/2011
01/05/2011 a 15/05/2011
01/03/2011 a 15/03/2011
01/02/2011 a 15/02/2011
16/01/2011 a 31/01/2011
16/12/2010 a 31/12/2010
01/12/2010 a 15/12/2010
16/11/2010 a 30/11/2010
01/11/2010 a 15/11/2010
16/10/2010 a 31/10/2010
01/10/2010 a 15/10/2010
16/09/2010 a 30/09/2010
01/09/2010 a 15/09/2010
16/08/2010 a 31/08/2010
01/08/2010 a 15/08/2010
16/07/2010 a 31/07/2010
16/06/2010 a 30/06/2010
01/06/2010 a 15/06/2010
16/05/2010 a 31/05/2010
01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
16/01/2010 a 31/01/2010
01/01/2010 a 15/01/2010
16/12/2009 a 31/12/2009
01/12/2009 a 15/12/2009
16/11/2009 a 30/11/2009
01/11/2009 a 15/11/2009
16/10/2009 a 31/10/2009
01/10/2009 a 15/10/2009
16/09/2009 a 30/09/2009
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2009 a 31/08/2009
01/08/2009 a 15/08/2009
16/07/2009 a 31/07/2009
01/07/2009 a 15/07/2009
16/06/2009 a 30/06/2009
01/06/2009 a 15/06/2009
16/05/2009 a 31/05/2009
01/05/2009 a 15/05/2009
16/04/2009 a 30/04/2009
01/04/2009 a 15/04/2009
16/03/2009 a 31/03/2009
01/03/2009 a 15/03/2009
16/02/2009 a 28/02/2009
01/02/2009 a 15/02/2009
16/01/2009 a 31/01/2009
01/01/2009 a 15/01/2009
16/12/2008 a 31/12/2008
01/12/2008 a 15/12/2008
16/11/2008 a 30/11/2008
01/11/2008 a 15/11/2008
16/10/2008 a 31/10/2008
01/10/2008 a 15/10/2008
16/09/2008 a 30/09/2008
01/09/2008 a 15/09/2008
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
16/04/2008 a 30/04/2008
01/04/2008 a 15/04/2008
16/03/2008 a 31/03/2008
01/03/2008 a 15/03/2008
16/02/2008 a 29/02/2008
01/02/2008 a 15/02/2008
16/01/2008 a 31/01/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/10/2007 a 31/10/2007
01/10/2007 a 15/10/2007
16/09/2007 a 30/09/2007
01/09/2007 a 15/09/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
01/07/2007 a 15/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006


XML/RSS Feed
O que é isto?

leia este blog
no seu celular




UOL Blog





layout do blog
produzido por REC
 

Pílulas do Dr. Castelo

Dercy cem anos é possível, Dercy sem ânus é inviável.

Escrito por Castelo às 16h51
[] [envie esta mensagem
]



Dando uma de Lizoel...

Hoje é (foi) aniversário da Mariô!!!

Parabéns, musaaaaa!!!!!

(Desculpe o atraso, linda! Só me conectei agora...) 



Escrito por Laert Sarrumor às 18h47
[] [envie esta mensagem
]



Do Churrasco

Ontem baixei numa churrascaria.
Olhando bem, a gente vê que elas deixaram mesmo de ser algo apenas gaúcho para representar o Brasil todo.
Afinal, misturar sushi, javali e contra-filé argentino no mesmo prato é a nossa cara.
Você não vê uma baiana (soteropolitana legítima) servindo acarajé com molho à bolonhesa acompanhado de fritas.
Pode até servir, mas terminará atropelada por um trio elétrico e jogada na Lagoa do Abaeté.
Agora, o interessante mesmo é que as churrascarias são dos poucos lugares onde se respeitam os contratos.
Como num prostíbulo, você paga um preço fixo e come o que, e o quanto quiser.
Evidentemente que toda regra tem exceções.
Lembro-me uma vez de ter visto um cara comer tanta carne numa mesa que o dono da churrascaria teve de lhe oferecer sociedade.
Mas isso é raro.
E os tipos da churrascaria então?
Um dos que me chama mais atenção é o garçom do arroz.
Ele passa pelas mesas, olhar tristonho, oferecendo aquele prato sempre cheio e ouvindo: “não”, “não”, “não”, “cadê a picanha!”.
Poucas pessoas agüentam tanta rejeição sem cometer suicídio.
Nem mesmo o cara do peixe pintado ou o sempre paciente moço do carrinho de bebidas (coitado, ninguém aceita tomar aquele licor de ovos e menta que ele serve de cortesia).
Outro a ser mencionado é o homem do carrinho de sobremesa.
A missão dele é impressionante.
Precisa convencer quem comeu uma arroba de carne a atochar mais um prato de torta holandesa com creme de chantilly.
Se o próximo secretário-geral da ONU fosse um homem do carrinho de sobremesa, finalmente teríamos a paz no Oriente Médio.
A churrascaria é esta experiência única. E ela não faria o mínimo sentido sem este clima, uma determinada arquitetura e, claro, sem aquelas peças de carne feitas para atender a todos os gostos: fraldinha(para crianças), bife-de-tira (para policiais), cupim (para ecologistas ), bife-de-chouriço (para os GLS) e até contra-filé (para os macrobióticos).
Óbvio dos óbvios, uma churrascaria vegetariana estaria fadada ao fracasso.
Pra começar a tragédia, o clássico bufê de pratos frios seria abolido.
E tudo viraria uma gigantesca e estrambótica salada servida randomicamente em espetos.

- Aceita nabo, primeiro corte?

- Bardana no alho?

- Olha o repolho na brasa!

- Vai a picanha de berinjela, uma delícia, doutor.

A versão vegetariana só teria uma vantagem em relação à tradicional: o garçom do arroz seria o mais feliz de todos os atendentes.

Escrito por Castelo às 18h33
[] [envie esta mensagem
]



Loteamento

Vendo terrenos com vista pro planeta Terra.

Local: Lua

Lote: 500 m2

Preço: $200 dólares/m2 (cotação do dia)

Promoção: 35% desconto e isenção de taxas e impostos,até 30 de abril.

Tratar: aqui.

namaste 



Escrito por Pituco às 01h12
[] [envie esta mensagem
]



Incompatibilidade Poética

Carlos Castelo letrou e Luis Couto botou música. Virtuais saudações a todos.

Tentei botar nosso amor
Num soneto genuíno
E fui lapidando os versos
No formato alexandrino

Mas ora vejam vocês
Por causa da estrofação
E de algumas rimas pobres
Tive que usar da elisão

Mas não gostei de antemão
E mudei os decassílabos
Para um metro diferente:
Dodecassílabos sáficos

Ai, que destino mais trágico
Isso gerou uma aférese
Pra não falar de uma apócope -
Eu quase tive uma síncope!

O jeito foram os dísticos
E meu canto de momento
Perdeu a espontaneidade
Em novo encadeamento

Então tive um pensamento:
“Falando em termos poéticos
Ou mesmo trovadorescos
O nosso amor é inviável”

Uma saída possível
Mas me recuso, sou franco
Seria deixar o metro
Adotando o verso branco

Porém, um soneto manco
Falta de talento acusa
Por isso, amor, me despeço
E vou atrás de outra musa


OUÇA AQUI

Escrito por Castelo às 15h58
[
] [envie esta mensagem
]



Vendo crônica

Passinho à frente, não dá tempo, precisamos de lucros, está tudo à venda.
O tênis com amortecedor à gás, o carro com air bag nas quatro portas, a camiseta com o símbolo da anarquia, a opinião do publicitário formado em Boston, os livros do sebo, a máquina de lavar louças, o seguro de vida, o título do clube de campo, a dúzia de ovos caipiras com 25% a menos de colesterol, o lugar na fila, a vaga na faculdade, a moça da esquina, o rapaz de jaqueta, o habeas-corpus, o computador que escreve sozinho, o passe do jogador, a hora do advogado, os 50 minutos do psicanalista.
Passinho à frente, não dá tempo, precisamos de lucros, está tudo à venda.
Vendem-se imóveis, vendem-se automóveis, vende-se bala de coco gelada, vende-se cartão de pedágio, vende-se cão fila, vende-se jazigo, vendem-se bijuterias, vende-se açaí na cuia com granola, vende-se cabelo natural, vendem-se ações da Petrobrás, vende-se pedra mineira, vendo capim colonião, vendo rim, vendo bordados de Birigüi, família muda e vende tudo.
Passinho à frente, não dá tempo, precisamos de lucros, está tudo à venda.
Aceito passe, aceito moedas, aceito dólar, aceito peso argentino, aceito comida, aceito água, aceito cheque, aceito real, aceito cartão de crédito, aceito cheque administrativo, aceito depósito interbancário, aceito tíquete-refeição, aceito benefícios, aceito imóvel no litoral, aceito terra, aceito sobremesa, aceito mulher, aceito homem, aceito criança, aceito vaga na garagem, aceito lixo.
Passinho à frente, não dá tempo, precisamos de lucros, está tudo à venda.
Em quatro vezes sem juros no cartão, satisfação garantida ou seu dinheiro de volta, não tem comparação, novidade no mercado, use a tabela-price, você não vai acreditar, o aniversário é nosso e quem ganha o presente é você, ofertas de arrasar, o gerente ficou louco, é nesta quinta, sexta e sábado, ofertas como essa só no ano que vem, não perca, ar condicionado grátis, vale a pena comprar de novo, traga a família, não compre e se arrependa pelo resto da vida, condições incríveis, juros no chão, quinzena do tapete, semana do vinho australiano.
Entendeu agora o que é neoliberalismo?


Escrito por Castelo às 13h30
[] [envie esta mensagem
]



Pensatas populares

"Mulher e polícia são iguais em qualquer lugar do mundo! Prendem e investigam".

namaste



Escrito por Pituco às 03h09
[] [envie esta mensagem
]



Pensatas populares

"Mulher não gosta de homem.Quem gosta de homem é bicha.Mulher gosta de dinheiro".

namaste



Escrito por Pituco às 07h25
[] [envie esta mensagem
]



Direito de resposta

Não faz muito tempo, num jantar, um jornalista muito pedante me disse: “o Língua de Trapo estava muito adiante do seu tempo quando vocês o criaram. E era um humor muito elitizado, que ignorava o povão, por isso acabou não virando um retumbante sucesso comercial”.
Ouvi aquilo com a atenção devida, mas não perdi meu tempo respondendo, como sempre faço quando escuto alguma asnice.
Posto agora a resposta ao referido jornalista.
E um bom fim de semana a todos os bedelianos daqui e d’álem mar.

Veja Aqui



Escrito por Castelo às 09h56
[] [envie esta mensagem
]



Feriadão

Descoberto onde Guca Domenico passou o feriado da semana Santa:

Com exclusividade para o BDL o fotógrafo adjunto do Jornal Nioaque Times, Tony Jacaré, flagrou nosso ilustre escritor e poeta pescando tranquilamente em algum lugar paradisíaco do Paraguai!!!



Escrito por Lizoel às 09h55
[] [envie esta mensagem
]



Som no níver

Como dizia uma antiga rede de supermercados, “o aniversário é nosso, mas quem ganha o presente é você”.
Eis aí mais uma letra de Carlos Castelo musicada por Luís Couto.
Desta vez o tema é de primeira ordem: a mania que se abateu sobre os mortais de se transformarem em seres mitológicos – no mau sentido.
Tive a idéia de escrever a letra quando soube da morte do escritor Kurt Vonnegut Jr.
Vonnegut, como dizia a reportagem da FSP, foi o último iconoclasta (meia verdade, porque ainda estamos vivinhos aqui no BDL). De todo modo, o escritor se batia contra as estupidezes da vida hodierna. Entre elas, a cega obssessão pela saudabilidade e o culto a si mesmo.
“Josué” é uma singela e brasileira homenagem ao célebre autor de “Matadouro 5”.
Divirtam-se.
E, se tomarem alguma birita hoje, dirijam seus pensamentos a mim, por favor. Beijos a todos e obrigado pela atenção dispensada.

JOSUÉ

Vai Josué…
De novo com seu calção
Indo pra musculação
Será que nunca se cansa?

Vai puxar ferro
Engrossar o peitoral
Ganhar massa corporal
E eliminar a pança

Lá na ergométrica
Termina fazendo um bônus
Pra garantir melhor tônus
E ganhar o que não tem

Mas Josué
Atente pra um detalhe
Pra ficar com este talhe
De garoto iron man

Você vai ter
(E essa parte é dolorida)
Como tudo nesta vida
Que pagar um bom pedágio

As muitas horas
Que você ficou sem ler
Ai meu Deus vão lhe fazer
Tanta falta neste estágio

Os tantos dias
Que você ficou se olhando
Se mirando e admirando
Vão pro lixo, não estrila

Ai, Josué
Agora não tem mais jeito
Estufa bem esse peito
E assume que é um gorila

OUÇA AQUI

Escrito por Castelo às 13h30
[] [envie esta mensagem
]



Hoje é o aniversário do Castelo!!!

Feliz Aniversário Bitchôôô!!!!!



Escrito por Lizoel às 08h49
[] [envie esta mensagem
]



Piadas de músicos-3

O maestro, ao fazer sexo com sua esposa,tinha lá seus fetiches.

Ele gostava de ler uma partitura, enquanto regia com a língua entre as pernas de sua mulher.

Certa vez,quando ela quase alcançava o orgasmo,a partitura escolhida apresentava vários compassos de espera.

Ela ofegante pergunta...por quê parô,parô por quê?

Ele responde...é pausa!

Ela então segura furiosa os cabelos do marido e exige ...improvisa, desgraçado, improvisa!

namaste



Escrito por Pituco às 07h58
[] [envie esta mensagem
]



Piadas de músicos-2

Já que o Pituco começou com essa história de contar piada de músico, aí vai outra, contada pelo meu amigo Eduardo Martins do Grupo de discussão Ofitopique:

Havia uma orquestra diferente. Eles tocavam música clássica peidando. O maestro dava o sinal e começava o concerto, eles tiravam a calça, viravam a bunda pra platéia e iniciavam tocando Danúbio Azul só no peido e o concerto seguia com vários clássicos peidados. Um dia a orquestra cagou na platéia inteira, foi bosta pra todo lado. Depois no camarim o maestro se lamentava "Maldita hora que eu fui me empolgar e fazer meus músicos subirem uma oitava"



Escrito por Lizoel às 16h37
[] [envie esta mensagem
]



Piadas de músicos-1

Uma equipe de antropólogos fazia pesquisa dentro da selva amazônica.

Desde do início da jornada,há mais de cinco dias,o grupo não aguentava o som de tambores que vinha de toda parte da floresta.

Dia e noite, aquele mesmo repique incessante dos tambores...bum-bum-bum!

Na hora de dormir ou até pela manhã,o rufar incômodo dos tambores....bum-bum-bum!

Todos os pesquisadores pediam ao guia do grupo uma explicação pra aquela tortura sem trégua dos tambores...bum-bum-bum!

Mas, o mateiro era reticente ao responder..."bom sinal,bom sinal".Ninguém entendia nada e o tormento era contínuo...bum-bum-bum!

Alguns, quase enlouquecidos com tanto bum-bum-bum, tentavam improvisar tampões pros ouvidos,sem que a medida fosse efetiva pra impedir o som dos tambores....bum-bum-bum!

E o guia,sempre que consultado pelos membros agonizantes,respondia..."bom sinal,bom sinal".

No sétimo dia, quando por decisão geral a equipe resolve abandonar a pesquisa e retornar para a cidade, os tambores,como num passe de mágica, param de tocar.

Fez-se um silêncio profundo na imensidão da floresta.A equipe quedou-se aos prantos e abraços, aliviados com o fim daquela orquestra sinistra de tambores...bum-bum-bum!

Foi quando, o guia levantou-se aterrorizado e gritou..."muito ruim, muito ruim.Agora muito ruim".

Surpresos com o seu espanto, todos perguntam...."muito ruim por quê? se os tambores pararam de soar?".

E o mateiro experiente responde..."muito ruim, porque agora começa solo de contrabaixo".

namaste



Escrito por Pituco às 13h29
[] [envie esta mensagem
]



Que lástima!

 

Só na manhã de hoje umas cinco pessoas me mandaram o filminho que o senhor Namaste postou abaixo (Até tu, signore??).

 

Que graça isso tem? Uma bichinha resolve fillmar a empregada tendo dificuldades em falar em inglês. Como se falar em inglês fosse obrigatório! E o grande cineasta dissimina sua obra-prima pela net, certamente almejando ganhar algum prêmio.

 

Uma coisa, por exemplo, é o Falcão construir a personalidade de seu personagem  baseado nos tipos populares que o cercam, e o fazer com brilhantismo. Outra coisa é a cultura do peladios em santios, do porteiro zé, do seu creisson, das placas engrassadas, ou dos emails com as gafes cometidas nos vestibulares  lidos pelo gordinho global como se fora a coisa mais hilária do mundo (ele não suspeita que essas gafes são fakes?).

 

E agora me vem esse gênio da cultura internética! Como bem comentou a Carminha, queria ver como ele se sairia aprendendo russo ou alemão. Ou se tivesse que ariar panelas, lustrar móveis, lavar vidraças, encerar chão e lavar banheiro, como a protagonista do vídeo.

 

Não estou levantando a bandeira do politicamente correto não. O meu “Eretos falos”, por exemplo, tira sarro da perna do rei Roberto há mais de 27 anos. E atualmente estou emprestando meus dotes de humorista canastrão a um projeto que faria tremer na tumba os paladinos do bom gosto e da correção.

 

O que me causa espécie é um bando de amadores se arvorarem como os reis da cocada preta, explorando a ignorância alheia como se eles próprios fossem luminares. Sem nada a acrescentar.

 

Fazer humor com o jeito errado do povo falar? Tudo bem! Vitório e Marieta, o velho Adoniran, Djalma Jorge e o já citado Falcão fazem isso com maestria. É engraçado e não ofensivo.

 

Já Maria Canellas... é deplorável!



Escrito por Laert Sarrumor às 12h41
[] [envie esta mensagem
]



That's the way Brasil is

Maria Canellas

*click link and understand Bill Gates' targets.

namaste



Escrito por Pituco às 01h39
[] [envie esta mensagem
]



[ Ver arquivos anteriores ]