BLOG DO LÍNGUA
 
 
Página Inicial
Apresentação
Discografia
Trajetória
Disk-Língua
Família Trapo
Vídeos
Rádio Matraca
Agenda
Cont(r)atos
Cadastro


Blog
Fotoblog

Busca no Blog
 

Indique este blog
Dê uma nota

Links
Língua de Trapo
Fotoblog do Língua
Castelorama
Privadas do Mundo
Mini Blog do Big Mug
Nunca se Sábado
Rádio Matraca
Dadá Coelho
Blog do Pituco
Música & Letras
Blog genérico
Miss Grace Black
Blog do Castilho
Folha de Cima
Guca
Peças Raras
Stockadas
Cifras de músicas do Língua de Trapo
Língua de Trapo no Palco MP3
Radioriatoa - pituco
PENSAMENTOS DIVERGENTES - Ruy Fernando Barboza
A Hora do CLICK
Ana de Amsterdam

Arquivos
16/07/2011 a 31/07/2011
01/05/2011 a 15/05/2011
01/03/2011 a 15/03/2011
01/02/2011 a 15/02/2011
16/01/2011 a 31/01/2011
16/12/2010 a 31/12/2010
01/12/2010 a 15/12/2010
16/11/2010 a 30/11/2010
01/11/2010 a 15/11/2010
16/10/2010 a 31/10/2010
01/10/2010 a 15/10/2010
16/09/2010 a 30/09/2010
01/09/2010 a 15/09/2010
16/08/2010 a 31/08/2010
01/08/2010 a 15/08/2010
16/07/2010 a 31/07/2010
16/06/2010 a 30/06/2010
01/06/2010 a 15/06/2010
16/05/2010 a 31/05/2010
01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
16/01/2010 a 31/01/2010
01/01/2010 a 15/01/2010
16/12/2009 a 31/12/2009
01/12/2009 a 15/12/2009
16/11/2009 a 30/11/2009
01/11/2009 a 15/11/2009
16/10/2009 a 31/10/2009
01/10/2009 a 15/10/2009
16/09/2009 a 30/09/2009
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2009 a 31/08/2009
01/08/2009 a 15/08/2009
16/07/2009 a 31/07/2009
01/07/2009 a 15/07/2009
16/06/2009 a 30/06/2009
01/06/2009 a 15/06/2009
16/05/2009 a 31/05/2009
01/05/2009 a 15/05/2009
16/04/2009 a 30/04/2009
01/04/2009 a 15/04/2009
16/03/2009 a 31/03/2009
01/03/2009 a 15/03/2009
16/02/2009 a 28/02/2009
01/02/2009 a 15/02/2009
16/01/2009 a 31/01/2009
01/01/2009 a 15/01/2009
16/12/2008 a 31/12/2008
01/12/2008 a 15/12/2008
16/11/2008 a 30/11/2008
01/11/2008 a 15/11/2008
16/10/2008 a 31/10/2008
01/10/2008 a 15/10/2008
16/09/2008 a 30/09/2008
01/09/2008 a 15/09/2008
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
16/04/2008 a 30/04/2008
01/04/2008 a 15/04/2008
16/03/2008 a 31/03/2008
01/03/2008 a 15/03/2008
16/02/2008 a 29/02/2008
01/02/2008 a 15/02/2008
16/01/2008 a 31/01/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/10/2007 a 31/10/2007
01/10/2007 a 15/10/2007
16/09/2007 a 30/09/2007
01/09/2007 a 15/09/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
01/07/2007 a 15/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006


XML/RSS Feed
O que é isto?

leia este blog
no seu celular




UOL Blog





layout do blog
produzido por REC
 

O Assunto do Momento

Heim? Buraco? Não, o assunto do momento ainda é o Sarau do Blog do Língua.

 

Já que aconteceu num bar na rua Mourato Coelho, e atendendo a insistentes rogos do Zeca, lá pelas tantas me meti a cantar Na Mourato, acompanhado pelo Guca. Errei a letra toda – que por sinal é minha e do Castelo – e se não fosse o pronto auxílio do Deni Domenico (herdeiro das dívidas do bardo), que sabe a letra de cor e salteado, o desastre seria ainda maior.

 

Como dizia minha saudosa mãezinha, La Vecchiaia è brutta!

 

Sarrumor, Domenico e Castelo (Foto: Zeca)

 

Pra tentar me redimir do fiasco, aí vai...

 

Na Mourato (Carlos Melo - Laert Sarrumor)

 

Ouça aqui.

 

Veja a letra aqui.



Escrito por Laert Sarrumor às 16h34
[] [envie esta mensagem
]



O Assunto do Momento (2)

Como Zé Geral tratou a matéria Sarau do BDL em sua Historinha mais recente:

 

Zé Sarau (foto: Zeca)

 

Terça estrearemos o Sarau do BDL (blog do lingua) em Pinheiros. Segundo Laert Sarrumor, vocalista do Língua de Trapo, o barzinho é bem pequeno, como seria nossa reunião. No máximo uns 6 comentaristas do blog, seus articuladores, o pessoal do "Língua" e mais uma meia-dúzia de tiozinhos e tiozinhas. Ou seja, 30 pessoas estaria de bom tamanho.  A festa começou lá pelas 10 da noite. Pra se ter uma idéia, no horário marcado o barzinho nem havia sido aberto e pessoas em bares próximos e calçadas, esperavam ansiosos! Tudo a ver com meu Sarau em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul!!!

 

A notícia rolou no blog e em algumas páginas da net. Resultado: - Bombou!!! O Itamar, irmão que faltou eu ver, veio e trouxe mais dois, vieram também meu filho David, o sobrinho Itamar, que me reservou passagens pela net e noras. Do Língua de Trapo, além do Sarrumor, conheci Guca Domênico e seu filho, Cacá o baixista, Carlos Melo o Castelo, Marcelo, Sérgio, além dos comentaristas Zeca, Mariô, Carminha, Tia Clara, Virginia, Mônica e outros que agora me fogem à lembrança. Faltou a Li, a Aliá, o JR e o Betho. Nosso encontro foi bem legal e rolou o 1.° Sarau do BDL, com mais de 100 pessoas. Idéia que partiu daqui da caxolinha e podemos, lá em Pinheiros, cantar, poetizar e tocar. Várias canjas entre todos... Pintou violão, percussão, sax e várias vozes. Só faltou a guitarra, porque o filho do Serginho passou mal com dor de cabeça e não podemos vê-lo tocar. Meu irmão Edson, o famoso pentelhinho "bacuri", cantou comigo minha música "Flávia, sensual primavera", segundo ele "minha obra-prima". O Guca tocou e cantou com meu violão. Castelo e Laert, firmes no "palco". Firme também alguém filmava. Parecia meu sarau, tamanha a improvisação, tamanho o talento dos participantes. Fechamos o barzinho lá pelas duas da matina.



Escrito por Laert Sarrumor às 16h26
[] [envie esta mensagem
]



Pílulas do Doutor Castelo

O Brasil não tem competência nem para cavar buraco.

Escrito por Castelo às 10h59
[] [envie esta mensagem
]



Pílulas do Doutor Castelo

Depois dessa cratera, não há mais dúvida: a "Operação Tapa-Buraco" foi um fracasso.

Escrito por Castelo às 10h54
[] [envie esta mensagem
]



Pílulas do Doutor Castelo

Da série "os predestinados": cratera do metrô fica na rua Sumidouro.

Escrito por Castelo às 10h34
[] [envie esta mensagem
]



Tá lá!

Pra quem quiser ver! (será que alguém quer?)

18 fotos de dar medo, registrando esse opíparo regabofe, que foi o tal do Sarau do BDL.

Link? Que link? Clica aí ao lado em Fotoblog, bando de preguiçosos!



Escrito por Laert Sarrumor às 22h20
[] [envie esta mensagem
]



Fica pra próxima!

Assim como meu colega de BDL, o Pituco, tive problemas insuperáveis e não pude comparecer ao Sarau. Vamos agitar outro e quem sabe eu esteja aí na próxima. Beijos a todos!!



Escrito por Lizoel às 15h36
[] [envie esta mensagem
]



Atrasado

Tentei chegar a tempo para o sarau.

Problemas com o tráfego aéreo.

Desculpem,fica pra próxima.

Aguardo relatos,fotos e fofocas.

namaste



Escrito por Pituco às 13h13
[] [envie esta mensagem
]



O primeiro texto do ano

Prometo não usar o discurso livre indireto indiscriminadamente. Não abusarei das citações e do uso de aspas. Fugirei dos galicismos ( e dos trocadilhos infames, como “galinhacismos” que acabo de inventar). Esquecerei os parênteses e os travessões enquanto forma pedante de ressaltar certas informações num texto. Prestarei muita atenção para nunca começar um discurso no gerúndio. Lerei um Machado de Assis da fase madura de seis em seis meses. E finalmente este ano mergulharei a lança de minha curiosidade em “Moby Dick”.

Buscarei achar um meio termo entre uma fabulação mínima, porém eficiente, e uma longa, mas não-digressiva. Farei de tudo para escrever ao menos 300 palavras ao dia. Encontrarei um bordel que me aceite como hóspede para enfim encontrar a paz e poder produzir mais e melhor, como apregoava Faulkner. Tentarei não me irritar ao ver na tevê Paulo Coelho visitando a Moldávia em companhia de Glória Maria. Dispensarei a linguagem tosca ao me referir aos autores de livros de auto-ajuda. Procurarei reler “O Ciúme”, de Robbe-Grillet, sem imaginar que, hoje em dia, uma prosaica câmera de vídeo pode ser bem mais eficaz que o mencionado romance francês. Evitarei a tentação de publicar uma crônica que fiz chamada “Monólogo interior” (fluxo de consciência com sotaque caipira de uma personagem natural de São José do Rio Preto). Perdoarei os organizadores de estantes das grandes redes de livrarias. Especialmente os que colocam “A Tempestade” de Shakespeare na seção de Metereologia. Olharei com grande complacência para os atores, músicos, publicitários, jornalistas esportivos e ginecologistas que se entregarem à elaboração de material ficcional.

Serei um guardião da verossimilhança. Lançarei mão do recurso “Deus ex-machina” apenas se Deus quiser. Desistirei definitivamente da idéia de adaptar o monólogo de Molly Bloom para o formato Youtube. Apiedar-me-ei do Jabor. Seguirei ignorando o Mainardi. Usarei com parcimônia o ponto-e-vírgula; exceto nos casos em que a Gramática o permitir. Fugirei como o diabo da cruz da expressão “por conta de(o)”. Farei de O.G. Rêgo de Carvalho um escritor conhecido no Sul Maravilha. Buscarei o verdadeiro sentido da palavra metanóia. Aprenderei a usar corrretamente a crase. Terei uma atitude civilizada e racional para com os editores.

E, como tudo o que escrevi aqui é ficção, pode ser que eu esteja fingindo ou mentindo.

Logo, não prometo nada.

Feliz ano.





Escrito por Castelo às 10h21
[] [envie esta mensagem
]



Oração ao moços

Cadê a herança da juventude

Que levantou barricadas e ateou

Fogueiras no meio de meia-oito?

Cadê, será que se desintegrou?

 

Cadê os negros dos Panteras Negras?

Os índios do Sendero Luminoso?

Os baderneiros do Baader Meinhof?

Cadê os elementos perigosos?

 

Todos aqueles megaterroristas

Só no fuzil, botando pra fuder?

Disparando coquetéis molotov

Porra, cadê esses caras, cadê?

 

Me tragam aqui o Carlos Chacal

Com sua valise de sabotagens

Está acontecendo uma pá de lances

E você só fazendo tatuagens?

 

Uma pá de lances na sua cara

E você só digitando o seu Mac

Mundo virando o cão chupando manga

E você comendo esse Big Mac

 

Pode ficar aí nesta lan house

Totalmente virtual e na sua

Que agora vou tomar a minha sopa

E, depois, boto o meu bloco na rua

 

Alguém tem de fazer o jogo sujo

É claro que você não tem vontade

Então mesmo enferrujado e grisalho

Eu vou pra rua e bebo a tempestade

 

(Tudo indica que não poderei estar no Sarau com os compadres na terça. De todo modo, posto aqui esta contribuição para ser lida na Grande Noite  - eu preferia que ela fosse já musicada, preferencialmente por nosso roqueiro-de-fé, o Sarrumor, no melhor espírito janis-lennon-dylaniano. Mas conheço o "timing" do parceiro, que curte digerir as minhas provocações. É um pouco como me sinto aqui. Um grisalho meio invocado com as tatuagens tribais dessa tribo mais novinha. Mas, anfã, é apenas outra provocação. Divirtam-se. E, na hora do brinde, lembrem-se de mim, pls. Besos!).

 



Escrito por Castelo às 20h24
[] [envie esta mensagem
]



Repúdio ao Sarau!

Eu, A. Pest Theplague, Doutor Shibata, Esmeraldo Esmegma e todos aqueles que têm um pouco de massa encefálica nessa pocilga chamada Blog do Língua, nos recusamos veementemente a tomar parte nessa boiolagem despropositada que é o tal de Sarau In Sampa ou Sarau do BDL.

 

Coisa de mariquinhas desocupadas. Estão dizendo que vai seguir os moldes do Sarau do Zé Geral, um encontro de frustrados que acontece toda quarta-feira lá nos cafundós do Mato Grosso do Sul. Era só o que faltava! Com tanto lixo que a gente já tem por aqui, ainda ter que importar o modelo de um troço que acontece em Campo Grande (sic)!!! O sujeito que promove e dá nome a essa sandice nem campo-grandense é. É mineiro, deve ser foragido da lei e promove tais encontros certamente como fachada para negócios escusos.

 

A versão paulistana vai acontecer nessa terça-feira, 09 de janeiro, a partir das 21 horas num obscuro barzinho chamado Omni Altriz Bar Clube, na Rua Mourato Coelho 678, no decadente bairro de Pinheiros.

 

Quem for vai ter agüentar o tal do Zé Geral mais a turminha sem talento desse blog – Guca Domenico, Laert Sarrumor, Castelo e outros perdedores – fazendo aquele sonzinho meia-boca de sempre e ainda vai ter que pagar dez pilas de consumação mínima. Socorro! Tragam meu saco de vômito! Prefiro mil vezes ficar em casa revendo à exaustão o vídeo do glorioso enforcamento do meu ídolo Saddam.

 

Esse Sarau do BDL é um programaço pras mocréias encalhadas, pras bichonas ressentidas e toda essa fauna bizarra que aparece por aqui. Vão lá, vão! E não me contem como foi.

 



Escrito por A. Pest Theplague às 15h50
[] [envie esta mensagem
]



Hino da Abin

Eu aplicarei sempre a Lei
De Segurança Nacional
Ou o cidadão a aceita
Ou vai pra debaixo de pau

Controlarei toda a Imprensa
E promoverei a devassa
O que jornalista precisa
É de ordem e Lei da Mordaça

 CORO: Espionando e cantando
 Fazendo autuação
 Somos todos iguais
 da PF ou não

 Salve, salve, ó Abin
 Grampear desafeto
 É a obrigação
 De um agente secreto…

 Bancar o 007
 Aqui, ou no reino de Monga,
 Não tem lá muita diferença
 vale pra qualquer araponga

O negócio é manter a linha
Preservando o nosso ról
Senão a vaca pro brejo
E acabamos virando a Kroll

CORO: Espionando e cantando
Fazendo autuação
Somos todos iguais
Da PF ou não

Salve, salve, ó Abin
Grampear desafeto
É a obrigação
De um agente secreto…

A porra dos comunistinhas
Trotskistas de ocasião
Estão doidinhos pra influir
Nessa "democratização"

Ô, meu general Ednardo!
Ô, meu general Newton Cruz!
Protegeremos os Arquivos 
e o cemitério de Perus

CORO: Espionando e cantando
Fazendo autuação
Somos todos iguais
Da PF ou não

Salve, salve, ó Abin
Grampear desafeto
É a obrigação
De um agente secreto…

E assim teremos um país
Do Oiapoque ao Piauí 
completamente obediente 
e amigo do FMI

E assim teremos um país
Varonil e continental 
Sempre no prumo, sempre alerta,
Pra honrar o Banco Mundial

CORO GRANDILOQÜENTE:… Bisbilhotando tudo
de olho na fechadura
vamos galhardamente
mantendo a Sinecura!

(bis de mão no peito, beijando a bandeira etc)
        



Escrito por Castelo às 23h15
[] [envie esta mensagem
]



Pílulas do Dr. Castelo

Estava mais desempregado que uma pomba da paz.

Escrito por Castelo às 08h51
[] [envie esta mensagem
]



O eterno retorno

Ano novo, Bossa nova!

DETALHES (Roberto e Erasmo Carlos)

arranjo voz e violão: Pituco

OUÇA AQUI...

namaste



Escrito por Pituco às 12h38
[] [envie esta mensagem
]



Bola preta

Depois do vestido amarelo post-it de dona Marisa na posse, o enforcamento de Saddam foi o ponto alto (desculpem a infâmia) deste início do ano.
O ex-ditador elegante, num trenchcoat negro, a barba grisalha em composê com a roupa. A única nota negativa foi
o nó da corda. Será que não havia um estilista ou diretor de arte para dimensionar melhor o tamanho
daquela aberração? Saddam com aquele cordão no pescoço ficou parecendo um Arrelia das mil e uma noites.
Bola preta para a Organização.


Escrito por Castelo às 10h48
[] [envie esta mensagem
]



Pensamento Primeiro

Ano novo, vida nova. Mas que vida?

Escrito por Castelo às 20h54
[] [envie esta mensagem
]



Tilt!

Esse Blog está temporariamente letárgico em virtude de seus artífices ainda não terem se recuperado da ressaca do ano de 2006!

Escrito por Lizoel às 15h26
[] [envie esta mensagem
]



[ Ver arquivos anteriores ]