BLOG DO LÍNGUA
 
 
Página Inicial
Apresentação
Discografia
Trajetória
Disk-Língua
Família Trapo
Vídeos
Rádio Matraca
Agenda
Cont(r)atos
Cadastro


Blog
Fotoblog

Busca no Blog
 

Indique este blog
Dê uma nota

Links
Língua de Trapo
Fotoblog do Língua
Castelorama
Privadas do Mundo
Mini Blog do Big Mug
Nunca se Sábado
Rádio Matraca
Dadá Coelho
Blog do Pituco
Música & Letras
Blog genérico
Miss Grace Black
Blog do Castilho
Folha de Cima
Guca
Peças Raras
Stockadas
Cifras de músicas do Língua de Trapo
Língua de Trapo no Palco MP3
Radioriatoa - pituco
PENSAMENTOS DIVERGENTES - Ruy Fernando Barboza
A Hora do CLICK
Ana de Amsterdam

Arquivos
16/07/2011 a 31/07/2011
01/05/2011 a 15/05/2011
01/03/2011 a 15/03/2011
01/02/2011 a 15/02/2011
16/01/2011 a 31/01/2011
16/12/2010 a 31/12/2010
01/12/2010 a 15/12/2010
16/11/2010 a 30/11/2010
01/11/2010 a 15/11/2010
16/10/2010 a 31/10/2010
01/10/2010 a 15/10/2010
16/09/2010 a 30/09/2010
01/09/2010 a 15/09/2010
16/08/2010 a 31/08/2010
01/08/2010 a 15/08/2010
16/07/2010 a 31/07/2010
16/06/2010 a 30/06/2010
01/06/2010 a 15/06/2010
16/05/2010 a 31/05/2010
01/05/2010 a 15/05/2010
16/04/2010 a 30/04/2010
01/04/2010 a 15/04/2010
16/03/2010 a 31/03/2010
01/03/2010 a 15/03/2010
16/02/2010 a 28/02/2010
01/02/2010 a 15/02/2010
16/01/2010 a 31/01/2010
01/01/2010 a 15/01/2010
16/12/2009 a 31/12/2009
01/12/2009 a 15/12/2009
16/11/2009 a 30/11/2009
01/11/2009 a 15/11/2009
16/10/2009 a 31/10/2009
01/10/2009 a 15/10/2009
16/09/2009 a 30/09/2009
01/09/2009 a 15/09/2009
16/08/2009 a 31/08/2009
01/08/2009 a 15/08/2009
16/07/2009 a 31/07/2009
01/07/2009 a 15/07/2009
16/06/2009 a 30/06/2009
01/06/2009 a 15/06/2009
16/05/2009 a 31/05/2009
01/05/2009 a 15/05/2009
16/04/2009 a 30/04/2009
01/04/2009 a 15/04/2009
16/03/2009 a 31/03/2009
01/03/2009 a 15/03/2009
16/02/2009 a 28/02/2009
01/02/2009 a 15/02/2009
16/01/2009 a 31/01/2009
01/01/2009 a 15/01/2009
16/12/2008 a 31/12/2008
01/12/2008 a 15/12/2008
16/11/2008 a 30/11/2008
01/11/2008 a 15/11/2008
16/10/2008 a 31/10/2008
01/10/2008 a 15/10/2008
16/09/2008 a 30/09/2008
01/09/2008 a 15/09/2008
16/08/2008 a 31/08/2008
01/08/2008 a 15/08/2008
16/07/2008 a 31/07/2008
01/07/2008 a 15/07/2008
16/06/2008 a 30/06/2008
01/06/2008 a 15/06/2008
16/05/2008 a 31/05/2008
01/05/2008 a 15/05/2008
16/04/2008 a 30/04/2008
01/04/2008 a 15/04/2008
16/03/2008 a 31/03/2008
01/03/2008 a 15/03/2008
16/02/2008 a 29/02/2008
01/02/2008 a 15/02/2008
16/01/2008 a 31/01/2008
01/01/2008 a 15/01/2008
16/12/2007 a 31/12/2007
01/12/2007 a 15/12/2007
16/11/2007 a 30/11/2007
01/11/2007 a 15/11/2007
16/10/2007 a 31/10/2007
01/10/2007 a 15/10/2007
16/09/2007 a 30/09/2007
01/09/2007 a 15/09/2007
16/08/2007 a 31/08/2007
01/08/2007 a 15/08/2007
16/07/2007 a 31/07/2007
01/07/2007 a 15/07/2007
16/06/2007 a 30/06/2007
01/06/2007 a 15/06/2007
16/05/2007 a 31/05/2007
01/05/2007 a 15/05/2007
16/04/2007 a 30/04/2007
01/04/2007 a 15/04/2007
16/03/2007 a 31/03/2007
01/03/2007 a 15/03/2007
16/02/2007 a 28/02/2007
01/02/2007 a 15/02/2007
16/01/2007 a 31/01/2007
01/01/2007 a 15/01/2007
16/12/2006 a 31/12/2006
01/12/2006 a 15/12/2006
16/11/2006 a 30/11/2006
01/11/2006 a 15/11/2006
16/10/2006 a 31/10/2006
01/10/2006 a 15/10/2006
16/09/2006 a 30/09/2006
01/09/2006 a 15/09/2006
16/08/2006 a 31/08/2006
01/08/2006 a 15/08/2006
16/07/2006 a 31/07/2006
01/07/2006 a 15/07/2006
16/06/2006 a 30/06/2006
01/06/2006 a 15/06/2006
16/05/2006 a 31/05/2006
01/05/2006 a 15/05/2006
16/04/2006 a 30/04/2006
01/04/2006 a 15/04/2006
16/03/2006 a 31/03/2006
01/03/2006 a 15/03/2006
16/02/2006 a 28/02/2006
01/02/2006 a 15/02/2006
16/01/2006 a 31/01/2006


XML/RSS Feed
O que é isto?

leia este blog
no seu celular




UOL Blog





layout do blog
produzido por REC
 

Mais um "Hit" de internet

Esse não é nosso. Mas é de uma pessoa que eu admiro muito.

Em 89 eu apresentava o programa "Nas Ondas do Rádio", na TV Manchete, no Rio de Janeiro e cruzava com ela pelos corredores da emissora, onde atuava como atriz na novela "Kananga do Japão". Ela me convidou a ir assistir um de seus espetáculos de poesia encenada, num barzinho da zona sul, eu não fui. Tempos depois, a vi como protagonista da minissérie "A Escrava Anastácia" (que tem aquela figura impressionante, com a mordaça), na mesma emissora e comecei a me interessar por seu trabalho. Descobri se tratar de uma grande atriz, grande poeta, grande pessoa, além de uma mulher lindíssima. É claro que estou falando de Elisa Lucinda.

 O hit internético em questão é um filminho onde a cantora Ana Carolina lê um texto de Elisa.

É o tipo de texto que todos gostaríamos de ter escrito no calor desse momento. Mas só no calor desse momento, porque no fundo, no fundo, o buraco é mais embaixo. É muito fácil escrevermos coisas assim quando estamos AQUI. Mas como nos comportaríamos, cada um de nós, se estivéssemos ? Não adianta se imaginar uma rocha, a resposta a essa pergunta ficará indefinidamente no campo da suposição. É como a vida após a morte. Ninguém voltou pra nos contar DE FATO o que acontece.

É o tal negócio... pra ir pro céu tem que morrer. Pra chegar , tem que se candidatar. Alguém aí se habilita? Castelo? Guca? Leitores? Eu não.



Escrito por Laert Sarrumor às 21h36
[] [envie esta mensagem
]



10 coisas que você nunca deve fazer com o seu traseiro.

10) Entrar rebolando numa boate gay.
9) Perguntar a um urologista se está na hora de fazer exame de próstata(para os rapazes, claro).
8) Ir a Bahia e fazer dieta à base de acarajé quente.
7) Descer pelado num tobogã.
6) Numa cobrança de falta ficar na barreira pelado e de costas.
5) Arrumar um(a) namorado(a) sadomasoquista.
4) Entrar numa tourada vestido de Papai Noel.
3) Passar numa roleta de ônibus ( se você tem mais de 160 quilos).
2) Viajar pela Transamazônica num jipe Lada.
1) Ir ao massagista chinês e reclamar de um “jeito” na nádega.


Escrito por Castelo às 16h41
[] [envie esta mensagem
]



PANEGÍRICO

Dois ou três comentadores incautos deste blog vem fazendo certa ironia sobre o fato do grupo Língua de Trapo ter em seu curriculum uma letra que
faz um panegírico a Lula. No caso, o "Xote Bandeiroso", da responsabilidade do senhor Laert Sarrumor.
Pois fez mesmo. E daí?
À época, cantar uma música tecendo elogios a este senhor que hoje é presidente da República de Pindorama era um ato corajoso. Era escolher
entre um futuro à esquerda ou Paulo Maluf.
Se Lula caiu no feitiço do Brizola e virou sapo barbudo é outra história.
E, só pra mostrar como o LT sempre foi mais iconoclasta do que tático politicamente, posto abaixo uma letra que escrevi, à mesma época do "Xote", fazendo
papel contrário: criticando a esquerda .
Foi quando uma zaga de cubanos refugiados baixou no Brasil e ficou sem-teto. Aproveitando o mote, fiz a provocação ao pessoal da turma da "barba-e-bolsa": se você é tão de esquerda, por que não adota um cubano?

"Mostre que você é humano
adote um cubano
adote um cubano

Você aí
que sempre foi um xiita
que adorava a Bodeguita
e defendia o atentado

Não seja ingrato
nem vá se fingir de morto
corra logo até o porto
pegue o seu refugiado

O seu apê
lá na Vila Madalena
pode ter área pequena
mas abriga uns dez ou mais

Não se esqueça
que um homem de esquerda
não deve ligar pra perda
dos seus bens materiais

O Fidel Castro
agradece penhorado
totalmente emocionado
o seu gesto tão gentil

Seria triste
uma coisa até infame
o seu povo ir pra Miami
com parentes no Brasil

Mostre que você é humano
adote um cubano
adote um cubano"








Escrito por Castelo às 08h48
[] [envie esta mensagem
]



Haiku do Seu Ku

garo garinizé 


komu xou ríngua di trapu


kuantu mais vério, mais safadu


 



Escrito por Seu Ku às 12h26
[] [envie esta mensagem
]



UP & Down

Nenhuma alteração na saúde do premiê israelense desde que comentei o fato, há três semanas, em meu site. A saúde de Ariel continua shar-on, shar-off.

 



Escrito por Castelo às 12h18
[] [envie esta mensagem
]



LINGUARICES

Hoje tem show do Língua no Centro Cultural. Virginia e Mariô estão dizendo que vão. Eu vou.

 

Nessas manhãs de chuva na minha mente não brilha o sol (aliás, qualquer dia vou comentar sobre essa música do nosso amigo Kiko). Aí me dá vontade de falar das coisas do grupo...

 

Primeiramente, ao publicar a letra do nino nacional patrocinado, a intenção não foi necessariamente mostrar algo que já é “hit” na internet – o que seria plenamente válido pois é muito bem feita e você sabe: sua mãe também é velha mas não é todo mundo que conhece – mas a similitude (eita palavrinha porreta!) com a idéia da capa do nosso primeiro disco.

 

Segundamente, e seguindo a mesma a linha, tal similitude de idéias também existe entre o encarte do CD “Barulhinho Bom”, da Marisa Monte (de 1996) e o do disco “Os 17 Big Golden Hits Super Quentes Mais Vendidos do Momento”, do Língua (de 1986), ambos “fazendo homenagem” (pra não dizer chupando) aos catecismos do Carlos Zéfiro.

Já que não dá pra cair de Língua na Marisa, delicie-se aqui, caindo de boca no Zéfiro original.



Escrito por Laert Sarrumor às 13h54
[] [envie esta mensagem
]



Bicho Grilo

E já que falamos em “hits” da internet, o filminho do Bicho Grilo (do DVD “21 Anos na Estrada”) está correndo mundo, pela rede. Já recebi de amigos dos esteites e da França.



Escrito por Laert Sarrumor às 13h52
[] [envie esta mensagem
]



Cagar é bom demais

Cagada mesmo é acreditar em tudo o que você encontra na internet.  Você pesquisa no Google e descobre que:

 

CAGAR E BOM DEMAIS letra (Massacration)
massacration-musicas.letras.terra.com.br/letras/426909/ - 24k - Em cache - Páginas Semelhantes

Juca Chaves - Cagar e Bom Demais

massacration-musicas.letras.terra.com.br/ imprimir-letra/426909/ - 3k - Em cache - Páginas Semelhantes
[ Mais resultados de massacration-musicas.letras.terra.com.br ]

CAGAR É BOM DEMAIS letra (Hermes E Renato)
hermes-e-renato.letras.terra.com.br/letras/425863/ - 24k - Em cache - Páginas Semelhantes

CAGAR É BOM DEMAIS letra (Juca Chaves)
juca-chaves.letras.terra.com.br/letras/198200/ - 23k - Em cache - Páginas Semelhantes

NoOlhar.com :: O Mundo Bizarro
www.noolhar.com/colunas/mundobizarro/524225.html - 26k - Em cache - Páginas Semelhantes

CAGAR É BOM letra (Rogério Skylab)
rogerio-skylab.letras.terra.com.br/letras/346204/ - 25k - Em cache - Páginas Semelhantes

 

PQP! Essa Merda é minha!

Ta no cd “Brincando com Fogo” e no cd e DVD “21 Anos na Estrada”.



Escrito por Laert Sarrumor às 13h51
[] [envie esta mensagem
]



POR CONTA DE

Acabo de sair de duas reuniões de trabalho. Cada uma delas com público bastante heterogêneo: homens e mulheres de várias faixas etárias etc.
Concluo agora, em função da conversa, que o "a nível de" foi definitivamente destronado pelo "por conta de".
É um tal de "por conta da insatisfação do povo", "por conta de questões fora de nosso controle" que impressiona.
Logo o Professor Pasquale vai começar a faturar em cima do novo vício de linguagem brasileiro.


Escrito por Castelo às 12h51
[] [envie esta mensagem
]



Penso, LOGO... desisto!

Todos conhecem a capa do primeiro disco do Língua, de 83

Seguindo nessa linha logotipada, está circulando pela rede uma versão "patrocinada" do Hino Nacional.

Parafraseando o Maluco Beleza, o negócio é ALOGAR o Brasil!



Escrito por Laert Sarrumor às 11h27
[] [envie esta mensagem
]



FILMES QUE EU GOSTARIA DE FAZER

A LISTA DE SCHLINDER – O DOCUMENTÁRIO

Em tocante estilo realista, o filme contaria a história da conhecida fábrica de elevadores Schlinder, mostrando a completa lista de seus produtos - dos elevadores para prédios aos residenciais e hospitalares.


Escrito por Castelo às 10h54
[] [envie esta mensagem
]



BARBACENA VÊ DVD

Dona Sírvia foi quem teve a idéia de colocar no salão paroquial aqui do Jardim Barbacena o aparelho de dvd.
Ontem foi a primeira exibição de filme e a inauguração oficial da tevê a cabo comunitária. A fita escolhida: "Melinda, Melinda" do Woody Allen.
O pessoal da vila assistiu inteirinha.
Quem resumiu a ópera, no final, foi o sapateiro Abdoral, o Aristóteles do Barbacena.
"Os filmes desse cara parecem novela da Globo, só que os artistas dele, em vez de falar merda, falam Freud, Tchekov e Desdêmona".

Escrito por Castelo às 09h41
[] [envie esta mensagem
]



A-ôh, Morfético!

Fiquei de contar causos pitorescos, envolvendo nosso ex-percussionista, Fernandinho Marconi...



 


1983. Primeira temporada do Língua de Trapo no Rio de Janeiro. Contratados pelo Circo Esperança, que depois veio a ser o Circo Planetário da Gávea, ganhamos até passagem de avião. Lá fomos nós, todos felizes, para o aeroporto, menos o Fernandinho que, na época, tinha uma namorada, muito linda e muito hippie, que teimou porque teimou de ir junto. Não tinha passagem aérea sobrando e o casal teve que ir de bumba, chegando um dia depois. Estávamos hospedados no apartamento da Málaga, tia do guitarrista Sergio Gama. Era um daqueles predinhos antigos do Leblon: três andares, dois blocos, duas portarias. Chega o Fernadinho com sua namorada hippie, toca no apartamento 22 e anuncia no interfone: “É o Fernando!”. Porta do apartamento entreaberta, Fernandinho faz sua entrada triunfal. Manquitolando, carregado de atabaque, bongô, timbales, berimbau, com a cara, camiseta e o jeans judiados por sete horas de Expresso Brasileiro, e com a Janis Joplin cabeluda, de mochila e cheia de colares a reboque, ele dá seu grito de guerra: “AÍ PUTADA, CHEGAMOS!”


 


Fernando... quem na vida não conhece um Fernando?


Estática, sentada à mesa da sala de jantar, a pacata e tradicional família carioca do Leblon faz seu primeiro contato com a Vanguarda Paulista. Fernadinho tinha tocado no 22, Bloco B.



Escrito por Laert Sarrumor às 14h35
[] [envie esta mensagem
]



25 ânus

 Acontecia de tudo nessas viagens. Nesse apartamento do Leblon estávamos em doze, num quarto e sala. Fora a Málaga, que prudentemente se retirou e foi se refugiar na casa da irmã, em Laranjeiras. Na pressa, esqueceu em cima do criado-mudo seu livro de cabeceira: “Aconteceu em Málaga” (É verdade, gente, eu juro!).

 

Tocar no Rio é legal porque sempre tem Vips na platéia. Na estréia, depois do show, vieram dar um alô no camarim o pessoal da Blitz e uns caras esquisitos, que nos trouxeram um incipiente mas promissor jornalzinho de humor que eles faziam na faculdade, a Casseta Popular. Nessa época , tinha saído o número 11 d’O Matraca.

 

No sábado, assistiam ao show Alceu Valença, o crítico musical Tárik de Souza e Jards Macalé. De repente, um vento noroeste trouxe uma tempestade que fez a lona do circo virar no avesso. Ainda deu tempo do Lizoel soltar no microfone a inevitável piada: “Ué, mas é aqui o Circo Voador?”. Quando o vento arrancou do chão a estaca central do circo (!!!) e ao ver os spots de luz se agitarem frenética e ameaçadoramente sobre nossas cabeças, o baixista Luiz Lucas quis pôr ordem na casa: “Gente, sem pânico, organizadamente, vamos...”. Se tivesse ficado alguém pra ouvir o fim da frase não ia adiantar porque a força acabou nesse momento. A última imagem que guardo dessa noite é a desolação do tecladista João Lucas, parado debaixo daquele aguaceiro, fitando o chão, com o guarda-pó que compunha sua ridícula fantasia de professor e a pandeirola nas mãos completamente encharcados. 

 

Mais tarde, na pizzaria Guanabara, Alceu Valença comentou que tínhamos trazido a chuva de São Paulo mas que a gente era uns caras porretas.



Escrito por Laert Sarrumor às 14h30
[] [envie esta mensagem
]



Piada Pronta 2

É óbvio e Lulante: O Ministro Pretovéio Gil ganhou mais um Grammy.

E nós o que ganhamos?... heim?... eu ouvi falar... Gramma?...



Escrito por Laert Sarrumor às 00h30
[] [envie esta mensagem
]



MALUF NA CABEÇA

Continua forte a candidatura de Paulo Maluf à presidência da República. O mote do candidato deverá mesmo ser "ROTA - do Oiapoque ao Piauí".
Analistas já dão como certo as seguintes figuras-chave em sua administração:
Vice-presidente: Coronel Ubiratan; Defesa: Erasmo Dias; Economia: Afanásio Jazádji, Cultura: Gil Gomes; Educação: Datena; Saúde: General Cardoso; Trabalho: Ratinho; Justiça: pasta vaga; Relações Exteriores: Romeu Tuma.

Escrito por Castelo às 14h14
[] [envie esta mensagem
]



10 maneiras de convencer seu cão a não fazer necessidades na calçada.

1) (Educada)
Totó, por favor, vamos deixar pra fazer esse cocozinho lá em casa.

2) (Freudiana)
Totó, só se alivie aqui se a sua necessidade de vivenciar essa experiência for absolutamente necessária.

3) (Politicamente correta)
Prezado companheiro animal, cujo nome humano é Totó, colabore com o ecossistema e lance seus dejetos orgânicos em local mais apropriado.

4) (Comunista)
Companheiro Totó, esta sua atitude é própria daqueles que nasceram para trair o Povo e lesar os princípios do Partido.

5) (Minimalista)
Tó!

6) (Homossexual)
Totó, que rabicozinho lindo você tem!

7) (Cocainômana)
Totó (snif) pára de fazer isso na (snif) calçada senão eu (snif) te... Totó! Você é um cão do cacete! O melhor cão do mundo! O Cão do melhor Cara do mundo. Totó, isso não é (snif) merda, isso é ouro!

8) (Shakespeareana)
Totó, há mais mistérios entre esta calçada e a suas fezes do que adivinha a sua vã filosofia.

9) (Diplomática)
Totó, se você desistir de defecar nesta calçada, a gente passa numa pet-shop e compra um ossinho novo.

10) (Rude)
Totó, tá vendo essa rolha? Se você cagar na porra dessa calçada, eu te enfio ela no rabo, NO RABO, seu pulguento escroto!


Escrito por Castelo às 10h48
[] [envie esta mensagem
]



PHC - O PRIMEIRO FILHO

Será que PHC, o filho do príncipe dos sociólogos, ainda faz aquelas caminhadas, sempre a partir de 11 horas da manhã, no calçadão da praia de São Conrado, zona sul do Rio?
Há quem diga que ele vive ainda hoje naquele aprazível apartamento no mesmo bairro, cujo aluguel é estimado em R$ 4 mil por mês.
Para se locomover na Cidade Maravilhosa, é ponto pacífico, ele utiliza uma BMW blindada.
A sobrevivência, dizem, é garantida pela edição de uma revista trimestral sobre sociologia distribuída em consulados e embaixadas.
É como diz aquele dito: filho de peixe, tubarão é.


Escrito por Castelo às 10h43
[] [envie esta mensagem
]



De marcação

Virou mania nacional falar mal do Lula.
Mas até agora o que aconteceu em sua administração? Vamos analisar com frieza e isenção.
Bom, houve o negócio do valerioduto, do mensalão, da compra de deputados para a formação da base de apoio ao governo.
Houve a queda do Genoíno, do Delúbio, do Dirceu, o escândalo com o Severino.
Teve o caixa 2, os tais “recursos não contabilizados” e o empréstimo que o presidente fez e um amigo pagou.
Aconteceu o problema dos marqueteiros, campanhas enganosas e desvio de dinheiro público para o Exterior.
Houve ainda o episódio dos 25 mil cargos públicos federais, que ajudaram bastante à “petezada”.
Falou-se do filho do Lula, aqueles rolos todos com Telemar, BNDES.
Do cartão de crédito sem limites da presidência da República.
Do Aerolula.
Dos milhões de reais do BB e dos fundos de pensão de estatais jogados no valerioduto.
Comentou-se também a antecipação do pagamento da dívida ao FMI que turbinou a dívida interna, manteve os juros lá em cima e fez a felicidade dos banqueiros. E aconteceu o envolvimento do ministro da Fazenda em escândalos em sua cidade, Ribeirão Preto.
Ah, e está acontecendo ainda a questão lá no Haiti.
Ok, são uns probleminhas, tudo bem. Mas, fora isso, o que se pode falar mal desse governo?
Francamente, esse barulho todo só pode ser marcação porque o homem é semi-analfabeto.


Escrito por Castelo às 13h36
[] [envie esta mensagem
]



Letras Traduzidas do Seu Ku

"Ashaí"

Soridão di manian, poeila to man du assentu

Lajada di ventu, som di assomblação, colação

Shangrandu toda palavora san

A paishón pulo afan, mistiku cran di seleia

Kastéro di aleia, ila di tubalón, irusão

O sóro brília puro si

Ashaí, guarodian

Zum di bezoro un i man

Boranca é a tez da manian


Escrito por Seu Ku às 09h45
[] [envie esta mensagem
]



Fio desconectado

Tô voltando da clínica de Proctologia, onde fiquei sabendo que a Dra. Sylmara entrou hoje de licença, sendo substituída pelo Doutor Michel, um simpático e corpulento jovem afro-descendente, excelente profissional da área de saúde e jogador de basquete diletante. Informei a ele que preferia adiar meu exame para uma outra ocasião, mas marcamos de tomar um chopinho qualquer noite dessas, como amigos.

Escrito por Laert Sarrumor às 17h09
[] [envie esta mensagem
]



Haiku do Seu Ku

Sempli emcima muru
pekena lagarotixa
paleci tukanu

Escrito por Seu Ku às 10h14
[] [envie esta mensagem
]



Do Blog do Gerald Thomas

"Cheguei num ponto de saturacao unico. E quem comecar a reclamar de falta de acento, erros de portugues, etc, saia desse Blog
agora, por favor: tem milhares de outros por ai, com o portugues impecavel.
Quero discutir auf Deutsch aqui or in English if you please... por que simplesmente nao aguento
mais esse vai e vem da sociedade. Voces aguentam?"

(Incrível o que Gerald Thomas faz pra ser polêmico. Agora deu para não pontuar ou acentuar as palavras.
É triste, mas isso revela uma decadência - se é que ele teve um apogeu. Pelo menos, Mr. Thomas já foi melhor quando mostrou a bunda em público certa vez.
Não é à toa que agora esteja cansado do "vai vem" da sociedade. Ajoelhou tem que rezar, Geraldizão).




Escrito por Castelo às 09h32
[] [envie esta mensagem
]



Epitáfios

Marcos Valério

Eu tô dizendo pra Vossa Excelência, senhor Deus do céu, e não vou repetir outra vez: eu NÃO morri!


Escrito por Castelo às 09h04
[] [envie esta mensagem
]



Finalmente

Liberado pelos médicos para a prática de esportes, Lula agora tem tudo para finalmente ser nosso presidente em exercício.

Escrito por Castelo às 15h05
[] [envie esta mensagem
]



Epitáfios

Geraldo Alckmin


Este túmulo conta com a chancela comercial da Opus-Dei.


Escrito por Castelo às 11h24
[] [envie esta mensagem
]



Piada pronta

Tenho horror a piadas óbvias. Pior ainda se for com o nome das pessoas. Na faculdade tínhamos um colega, genial artista gráfico e parceiro do Castelo na "Concheta", chamado Cassiano Roda (aliás, alguém tem notícia dele???). Imaginem a enxurrada de tocadilhos que o cara tinha que ouvir por dia: "O mundo gira e o Cassiano roda..."; "Roda, roda, roda e avisa..."; "Você conhece a irmã do Roda, a Calota?".

Um outro amigo chama Antonio Destro, ator, humorista, autor de ótimos textos. "Todos os direitos reservados ao Destro"; "O Destro é de esquerda?"

Isso sem falar do diretor do nosso próximo show, o genial Hugo Possolo. "Quem vocês vão chamar pra dirigir? CHAMA O HUGO!"

Tanta obviedade irrita. Agora, quando o cara é figura pública, tá no noticiário e tem um nome desses, aí foi deus! Os humoristas ficam naquela saia-justa, precisando fazer alguma gracinha, vira uma competição, mas geralmente a piada sai mais sem graça que o próprio nome em si.

Por isso pego emprestado o comentário de Rogério Castilho, nosso colega de Blog Legal, em seu Rogério Roger Show:

"Pensei em dizer alguma coisa sobre o deputado que se chama Sandes Júnior (PP/GO) mas... Vamo Pulá?"



Escrito por Laert Sarrumor às 03h24
[] [envie esta mensagem
]



Prazeirosa ponta

Encontrei um amigo meu que é ator e que eu não via há tempos. Me contou que está em cartaz, na peça "Os Monólogos da Vagina", fazendo uma pontinha: papel de clitóris.

Escrito por Laert Sarrumor às 20h50
[] [envie esta mensagem
]



Fio Terra

Segunda-feira finalmente farei meu primeiro exame numa clínica de Proctologia.

Cedo ou tarde, esse dia acaba chegando para todos os quarentões.

E eu estou empolgadíssimo! Não vejo a hora de ter a consulta com a doutora Sylmara!



Escrito por Laert Sarrumor às 16h25
[] [envie esta mensagem
]



Isso faz algum sentido?

HY66rx3...  ffWW27z...  Gh9rr7...  pz33in2Y...  pq7zz88...

Na privada e nos quadradinhos dos comentários, todos são iguais. Uns se acham mais espertos que outros, mas todos estão sujeitos ao jugo inexorável das malditas letrinhas!



Escrito por Laert Sarrumor às 15h54
[] [envie esta mensagem
]



Seicho-Ku-Iê do Dia

"A cavaro dadu, no si ória denti".

Escrito por Seu Ku às 15h44
[] [envie esta mensagem
]



Viva Nova Iorque!

Gente, no meio de todo esse quás-quás-quás, olha só quem apareceu!

[Irací Csstelo Branco][ocbranco@uol.com.br][Blogdo Lingua 30/01/2006]
Laert Obrigada pela referência à minha Nova Iorque no Maranhão. Por ser de lá, muitas coisas interessantes já foram ditas e me divirto. O Castelo (Taim) gosta de humor, mas realmente essa do banco conteceu. Passe bem! Irací

O recadinho acima está entre os comentários do post O Inacreditável Fernandinho mas logicamente se refere ao post Nuiórque, Nuiórque. Né, dona Irací?



Escrito por Laert Sarrumor às 15h30
[] [envie esta mensagem
]



Brokeneck Mountain e outras mumunhas

"O Segredo de Brokeback Mountain". Pois é, me refiro ao filme lá dos caubóis se osculando etc e tal.
Antes que venham me apedrejar, me chamar de Fidel Castro de Teresina e os cambaus, vou logo dizendo:
nada contra.
Já assisti "Querelle" inteiro sozinho no Cine Arouche. Detalhe: sessão da meia-noite, velho.
Neguinho arfando no teu cangote.
Depois, na qualidade de redator publici(o)tário, fiz campanha pro shopping Frei Caneca na semana do "Beijaço".
É isso aí. Tô blindado pacaramba. Posso falar.
Então, uma coisa me preocupa. Se o lance de temática GLS pegar geral assim, como vai ficar o cinema? Hoje é esse John Wayne meigo.
E amanhã? Tipo o King Kong levando o Sean Connery pra cima do Empire States e sapecando-lhe de baccios?
Bom, aí a esteticagay que me perdoe, mas vou rodar a baiana. Ô se vou! A-ma-güe-lo! Ui!




Escrito por Castelo às 17h14
[] [envie esta mensagem
]



Seicho-Ku-Iê do Dia

"Pi men ta nu orokut dus outlus leflesco, nê?".

Escrito por Seu Ku às 12h55
[] [envie esta mensagem
]



Blog do Língua informa sobre nova modalidade de assalto

Leia íntegra do alerta:


Sou executivo de uma multinacional.
Há duas semanas fui jantar num restaurante e deixei o carro com o manobrista.
Permaneci até às 22 horas, logo depois sai e peguei meu carro com o manobrista.
Após percorrer algumas ruas ouvi um barulho no porta-malas da minha BMW. O carro sacolejava muito e saia de traseira.
Foi quando olhei para trás e vi um travesti tentando sair do porta-malas e passar para dentro do carro. A cena era inacreditável. Eu, a mais de 120 por hora, e a boneca se agarrando ao vidro traseiro e ao teto para não cair.
Mesmo conseguindo fazer sua peruca, sutiã e combinação caírem no asfalto, não consegui me livrar dele(a). O transexual era forte e terminou entrando no carro e me rendendo.
Depois disso, não me lembro de mais de nada. Acordei no dia seguinte com uma forte dor na nuca. Minhas costas também estavam todas arranhadas e um forte cheiro de perfume permanecia em meu terno Armani.
Sem entender o acontecido fui até a delegacia mais próxima. Um policial explicou que uma determinada gangue de travestis está atacando exclusivamente executivos. E tudo ocorre porque os manobristas geralmente levam o automóvel a um lugar distante. Depois, num determinado momento, o travesti entra no porta-malas, espera ele ganhar distância e tenta entrar no veículo. Aí então ameaça a vítima dizendo que irá até a sua casa se apresentar à família e aos filhos como sendo seu namorado.
Segundo o delegado cerca de 70 casos já ocorreram este ano.
Todo cuidado é pouco.
Eu tive muita sorte pois era solteiro, simpatizei com o jeito selvagem da Suélen e, com a ajuda do delegado, a encontrei. Estamos casados há duas semanas. Mas poderia ter acontecido algo terrível.
Então cuidado! E PASSE ESTA INFORMAÇÃO PARA QUANTAS PESSOAS PUDER.


Escrito por Castelo às 15h25
[] [envie esta mensagem
]



Era só o que faltava!

Fui acordado hoje pelo Guca Domenico no rádio-relógio, gritando nos meus ouvidos: "São Francisco Buarque/Nosso Senhor do Jobim/Me salve Santa Rita de Sampa/A mídia não tem dó de mim". É pesadelo, pensei antes de abrir os olhos, ainda embriagado de sono. Mas não era. Guca Domenico estava mesmo cantando na USP FM a música "Fim de Feira", espécie de Arrombou a Festa dos anos 2000, gravada no seu CD-Livro "Te Vejo", o mesmo que tem "E Daí" (Sou Viado sim), que ele fez em parceria com o Castelo e é hit nos shows do Língua. O chefe de programação da Rádio USP sintomaticamente atende pela alcunha de Picá. O que será que Guquinha deu pro Picá pra poder ser "tocado"?

O site da Rádio USP é Top 10 no Prêmio Ibest 2006. Se você quer ajudá-lo a ser Top 3, vote aqui. Não esqueça que além de poder ouvir em tempo real a programação 100% MPB em qualquer lugar do planeta, no site da USP FM estão disponibilizados os programas da Rádio Matraca desde dezembro de 2004. 



Escrito por Laert Sarrumor às 12h59
[] [envie esta mensagem
]



O inacreditável Fernandinho

A-ÔH, MORFÉTICO! Era assim que o piracicabano Fernando Marconi saudava os amigos. E que puta prazer ser amigo do Fernandinho, uma das pessoas mais talentosas e surpreendentes que já conheci. Só pra ter uma idéia...

Fernandinho é o que está na horizontal. E isso não é uma montagem! O cara grudava no poste e ficava nessa posição, só com a força dos braços! O pior é que nas viagens da banda pelo interiorzão a gente costumava fazer essa cena - o Fernando "de bandeira", agarrado no mastro e os tontos atrás, batendo continência e cantando o hino nacional - em qualquer esquina pacata, sob o olhar atônito do povo local.

No palco Fernandinho fazia o diabo. O show começava com ele enfiando a cara num bambolê e rugindo feito o Leão da Metro. Depois, na música "Tragédia Gramatical - aquela em que o Pituco invariavelmente mostrava a bunda - Fernando fazia seu solo de percussão, onde tudo podia acontecer. Ele nunca repetia a performance - que podia ser desde ele sair batucando pelas paredes, luminárias e tudo mais que encontrasse pela frente até cantar La Cucaracha usando a própria perna como violão - num exercício constante de extrema criatividade. Quem viveu, viu.

Pra não me estender demais, vou ficar devendo para outras edições relatos de casos absolutamente nonsenses com esse nosso percussionista que há anos reside na Espanha, está lançando seu segundo livro e pode ser encontrado no site do Batuke, grupo onde toca por lá.



Escrito por Laert Sarrumor às 02h10
[] [envie esta mensagem
]



Manual Antiterror - à brasileira

Comenta-se que Lula – aquele que belisca o G8 e assopra o Bush – estaria estudando a criação de um “Manual de antiterror para policiais”. Tudo à la FBI - para agradar ao "Homem de Washington". O Blog do Língua teve acesso, com exclusividade, ao primeiro esboço do documento, ainda inédito.

- Todos os Habib’s do país devem ser revistados diariamente.
- As esfihas, especialmente as fechadas, precisam ser minuciosamente conferidas para ver se há presença de material explosivo e/ou pólvora no lugar da carne moída, queijo ou escarola.
- Os quibes fritos também devem ser checados para ver se são mesmo quibes fritos ou se são, na verdade, granadas.
- Fica proibida em todo território nacional a confecção de pão sírio.
- Fica terminantemente proibida a entrada de passageiros em vôos domésticos e internacionais portando pasta homus, babaganuche e cedês, devedês ou pôsteres do Khaled.
- Antes de vir para a mesa, todos os charutinhos de folha de uva devem ser abertos na frente de um agente da Polícia Federal para que sejam devidamente inspecionados. Em caso de confirmação de bomba no charuto, o agente poderá confiscar os charutinhos de folha de uva. E até comê-los se achar conveniente para a manuntenção da ordem, dos bons costumes e da moral.
- A Rua 25 de Março, em São Paulo, passa a ser considerada área de segurança nacional e terá toque de recolher às 17 horas.
- A radiodifusão do refrão carnavalesco “Alá! Alá! Alá! meu bom Alá!/ Alalaô, ô, ô,ô ,ô, ô, ô!/mas que calor, ô, ô,ô ,ô, ô, ô!” fica proibido em todo o território nacional.
- Pratos à base de lentilha, gergelim, carneiro e nozes devem passar por detetor de metais antes de irem à mesa.
- Pessoas chamadas Jamil devem se apresentar à uma Delegacia da Polícia Federal em 24 horas.
- O Hospital Sírio-Libanês será desativado e transformado numa loja McDonald’s.


Escrito por Castelo às 17h01
[] [envie esta mensagem
]



Seicho-Ku-Iê do Dia

"In téla di ségo kem tem um ôrio enshéga mió ke muito zaponês".

Escrito por Seu Ku às 10h08
[] [envie esta mensagem
]



Abdoral, um radical

Abdoral, o sapateiro lá do Jardim Barbacena, é um radical em termos musicais. Tem fama de que só ouve MPB de raiz.
Mas ontem conversando com ele na padaria Tostes vi que a criatura está mais para a MPV, música popular visceral.
Abdoral me revelou que não gosta só de Germano Mathias, Nelson Cavaquinho, Noel e Mário Reis. Curte tudo o que vem das tripas.
Por que não um bom Clapton, um Jeff Beck? Para Abdoral,os "blues-man" são como os nossos sambistas de lei e estirpe.
Inclusive, depois que fez um "gato" em seu cafofo passando a
assistir tevê a cabo, Abdoral expandiu sua teoria tendo acesso a shows.
Na segunda-feira assistiu "No Direction Home", documentário de Martin Scorcese sobre Bob Dylan.
Ao final de mais de três horas de Woody Guthrie, Dave Ronk, Odetta e Blowing in the Wind, Abdoral concluiu:
"esse Bob Dylan é o Adoniran dos States".



Escrito por Castelo às 08h50
[] [envie esta mensagem
]



[ Ver arquivos anteriores ]